Midsommar – Parte II

Para os padrões brasileiros, chegamos super cedo no local da comemoração, cerca de 1 ½ hora antes do início do evento. Deu tempo de fazer o reconhecimento do local, estender nossa toalha de piquenique e devorar alguns snacks. Também conseguimos contemplar o largo gramado ainda vazio e congelar um pouco. Sim, congelar, porque o início de verão sueco a temperatura fica em torno de 8° a 10°. Um p*** frio!!!

E finalmente a galera começou a chegar. Assim como nós, todos estavam entusiasmados estendendo suas toalhas e cobertores pelo chão.

E pontualmente às 17h foi realizada a abertura do Midsommar Festival. Sueco é meio coxinha nessa questão. Há todo um planejamento envolvido e tudo acontece nos seus devidos horários. Se algo não acontece conforme o planejado, vixi… aí eles piram (confesso que estou ficando mal acostumada com isso também).

A partir de agora o ritual é iniciado. Um mastro é levantado coberto de folhas e flores, chamado de majstången ou em português mastro de maio.

Esse processo de levantar o mastro levou aí pelo menos uns 15 minutos. Afe, tem que ser viking mesmo! E o pior, o tempo estava piorando e tudo indicava que ia cair o maior pé d’água.

No próximo e último post vou colocar vídeo de uma das danças tradicionais.

Vi ses… hej då! 😉

** Post de 09 de agosto 2011 **

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s