Maio: mês das noivas

Como todo ano o mês de maio chega acompanhado de uma série de reportagens, tutoriais, dicas, revistas etc. É material que não acaba mais sobre o chamado Mês das Noivas. E eu como tantas outras pessoas resolvi falar de casamento também.

No Brasil já estamos carecas de saber como tudo funciona, desde a tradição até os preparativos. Mas alguém tem ideia como é a tradição do casamento na Suécia? Eu também não tinha até conversar com algumas pessoas e entender um pouco como a “coisa” funciona por aqui.

Primeiro, que a tradição da igreja sueca, que é de origem luterana, obedece pianinho a constituição e segundo que os noivos entram juntos na igreja. O ato dos noivos entrarem lado a lado representa que estão ali por livre e espontânea vontade. Então, num típico casamento sueco, você não verá a filha sendo levado ao altar pelo pai. Acredite que para os suecos isso dá impressão de que o pai está “empurrando” a filha. Esquisito, né?!

Outro detalhe são as despedidas das solteiras. As mais ousadas vão para a balada já com a cara cheia de cachaça e as que preferem algo mais sossegado optam por um piquenique no parque com as amigas.

Há também as amigas que fazem a surpresa para a noiva, vendando os olhos e a levando para algum lugar. Sem dizer a total “pagação” de mico dentro da tram.

E sabe aqueles carrões luxuosos que levam a noiva até a porta da igreja? Eu ainda não presenciei nenhuma cena dessas, mas já vi noivas chegarem de tram, a pé ou num carrinho simpático como esse.

Detalhe: o cara de camiseta branca era o motorista e a mocinha com as taças na mão trajando saia jeans era a fotógrafa. Pergunto: “Cadê” o glamour minha gente?

É… vivendo e aprendendo com a nova cultura.

Vi ses… hej då! ;-)

4 pensamentos

  1. Duas coisas que achei interessante por aqui foi a despedida de solteiro: que os homens ficam vestidos de formas ridículas pedindo dinheiro na rua, vc já viu isso? rs
    E outra coisa é que ao que me parece – pelos colegas de trabalho do Lucas, o pessoal aqui na maioria só casa depois que engravida. Conheci dois casais que só casaram depois que a primeira filha já tinha 2 anos, não sei se é tradição ou coincidência rsrsrs.
    beijos!

    1. kkkk Já vi sim a despedida de solteiro e já contribui com moedinhas. Eu tenho foto inclusive, mas como é mês das noivas, deixei esse assunto para um outro post ;-).
      Aqui na Suécia como um todo eles não têm o hábito de casar mesmo. Como as despesas são altas e é difícil alugar um bom local para morar, muitos casais optam por morarem juntos e dividirem as despesas. Além disso, mesmo que haja uma gravidez aí no percurso, acredite, muitos nem chegam a casar.
      Confesso que gosto desse estilo de viver 😀
      Beijos

  2. Minha despedida de solteira foi otima, apesar de ter pago maior mico vestida de “mulher maravilha” pela cidade ;). Beijo p vc!

    1. Que delícia de mico hahahaha.
      Se eu já estivesse aqui nessa época, pode ter certeza de que teria uma foto sua aqui no blog 😀
      Sinceramente? Adoro como as despedidas de solteira acontecem nessa cidade!!!

Faça a teimosa feliz. Comente!