Brinde: vai um aí?

Em uma manhã fria, nublada, feia e sem graça, estava eu muito sonolenta à caminho da escola, quando de repente, avistei um grupo de promotoras fazendo a felicidade de todos que passavam por Korsvägen.

É claro que nessa hora meu sono se foi e a curiosidade veio à tona. Fui conferir de perto o movimento que me chamou a atenção, quando fui surpreendida com o brinde que estavam entregando. Imaginei qualquer coisa como iogurte, bala ou chiclete. Mas adivinhe o que era? Nada mais e nada menos do que uma salada. Como assim salada? Sim, salada meu amigo. Já vi inúmeras ações promocionais tanto no Brasil como aqui, mas distribuindo esse tipo de brinde foi a primeira vez.

Esquisito, não?! O surpreendente é que em vez de ser uma embalagem promocional, como aquelas com tamanho reduzido somente para degustação, a embalagem era a mesma que é direcionada aos supermercados.

Junto com a caixinha as promotoras entregavam o jornal do dia. Na parte inferior da primeira página, já se notava o porquê da entrega. Tratava-se da divulgação da nova linha de saladas congeladas da Findus.

É claro que eu não ia comer uma salada às 8 horas da manhã, até porque meu relógio biológico “brasileiro” me diz que café da manhã tradicional, ou melhor, normal tem que ter leite, café, pães, queijo e frutas (isso quando eu não tomo apenas leite com café e saio correndo de casa porque estou atrasada). Agora, encarar essa saladinha como almoço… aí sim.

Depois da aula de sueco fui para casa, afinal queria ver o que havia de tão surpreendente nessa tal salada congelada. Confesso que não curto muito essa categoria, mas como diz um antigo ditado popular “De graça até injeção na testa”.

Abri a embalagem e não me animei muito. Apesar de amar cuscuz marroquino, achei a mistureba toda muito esquisita: frango, manga, brócolis, feijão preto, pimentão, beringela, algumas sementinhas que me lembraram de sementes de abóbora e mais alguma coisa que não consegui identificar.

Fiquei ali alguns minutos me decidindo se iria encarar o desafio e resolvi dar um up nessa salada pra lá de estranha. Misturei tudo e coloquei num prato pra não dar aquela impressão de comida congelada. Acrescentei algumas folhas, molho e tomate para decorar. E não é que o resultado ficou bom, tanto de se olhar quanto de se comer.

Afinal o que é a vida sem algum desafio alimentar, não é mesmo?!

Vi ses… hej då! ;-)

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s