A modinha do Converse

Eu lembro que na minha adolescência eu tive três cores de All Star: preto/vermelho de cano longo, vermelho/azul também de cano longo e um branco de cano baixo. Que eu me lembre, na época ele não era caro e você só era style se tinha um Nike. Portanto, eu não fazia parte da tchurma.

Nunca morri de amores pelo All Star, simplesmente porque meus pés pareciam um par de lanchas, de tão grande que era. Isso aconteceu porque minha mãe comprou um número maior, justamente para durar bastante tempo. O problema é que meu pé já tinha parado de crescer e aquela sensação de espaço sobrando me incomodava absurdamente. Parecia que a parte da frente cismava em levantar, lembrando os sapatos do Aladim… nossa era muito feio e brega. Acho que isso é que me frustrou um pouco, porque nunca mais eu quis usar esse tênis.

Até que no ano passado, passeando por um shopping em São Paulo, eu vi um modelo na vitrine que realmente eu gostei, pelos seguintes motivos:

  1. Não tinha cara de All Star;
  2. Era de couro (amo tênis de couro);
  3. Era branco e não parecia uma lancha;
  4. E o mais importante é que tinha cara de menina.

O modelo… Converse All Star Charm Le OX. Minha cara!   

Resultado: tênis comprado e R$ 139,00 a menos na conta. Só que para a minha decepção ele me machucava e acho que se usei umas cinco vezes foi muito. Eu sei que tênis novo e de couro tende a machucar no início, mas fala sério, comprar algo e não poder usar é totalmente desconcertante. Pra mim foi dinheiro gasto sem necessidade… pelo menos até então.

Porém, quando mudei para a Suécia fiquei impressionada como a modinha desse tênis pegou geral na terra dos vikings. Não importa o lugar, a ocasião ou a idade, esse tênis faz a cabeça, ou melhor, os pés da suecada. Os vikings o chamam de Converse, mas como eu sou à moda antiga, ainda prefiro o nome de All Star.

Aqui não há uma infinidade de cores e modelos e eu acho os preços bem salgados. Um modelo básico chega a custar mais de R$ 200,00. Nas lojinhas perto de onde eu morava em SP, o mesmo modelo custava R$ 80,00.

E para provar que eu não sou louca e nem nada, aqui estão as provas da minha indignação:

  • em uma loja em Kungsportsplatsen os modelos de tecido custam SEK 699 (R$ 233,00) e o de couro por SEK 999 (R$ 333,00).

  • em outra loja no mesmo bairro, a vitrine anuncia a promoção e os modelos de tecido são vendidos a SEK 599 (R$ 200,00).

  • enquanto que em uma loja de esportes dentro do shopping Nordstan, os preços variam de SEK 700 (R$ 233,00) a SEK 1.200 (R$ 400,00).

  

  • na mesma loja de esportes, os tênis para as crianças também não tem preço atrativo e custam em torno de R$ SEK 550 (ou R$ 183,00).

 

Eu acho isso um absurdo de caro!

Imagina se existisse aqui, o mesmo modelo de tênis de couro que eu comprei no Brasil, com certeza o preço seria muito mais alto.

E com essa onda de All Star pra lá e All Star pra cá, eu fiquei com vontade de resgatar o meu tênis e fazer parte da tchurma. Estou tratando de amaciar o couro e ser mais uma no meio da multidão, porque afinal de contas eu também quero fazer parte do movimento Converse.

Vi ses… hej då! ;-)

6 thoughts

  1. Oi Vânia! Está difícil comentar o seu blog, já que sou obrigada a fazer log in com a minha conta WordPress, que nunca uso. Não pode liberar os comentários? 🙂
    Eu concordo, as All Stars são mesmo muito caras, especialmente tendo em conta a qualidade do sapato. E infelizmente em Portugal o preço é o mesmo. Neste momento tenho calçado um par de all stars pretinhas que comprei na Tailândia (em shopping mesmo, são genuínas) por 280 sek! Beijo

    http://habitatpalavra.blogspot.com

    1. Oi Joana, eu sei o que é isso, pois acontece comigo também quando quero comentar no Blogspot e sou obrigada a utilizar um login de lá. É uma briga eterna entre WordPress e Blogspot. Por enquanto, estou deixando os comentários para aprovação, pois tenho recebido muitos “spam”, mas irei avaliar para facilitar o caminho, ok?!. 😉

      Bom, se em Portugal é o mesmo preço daqui, com certeza a Europa toda deva ser desse jeito. Caro, né?! Quem sabe eu descubra alguém que vá para a Tailândia, assim poderei fazer uma encomenda! 😀 Beijos

  2. Ahhh! Eu A-M-O allstar. Cheguei a ter quase 10 pares de diversas cores mas hoje me limito a 4. Tenho 2 de couro, um branco e um preto (do modelo tradicional mesmo), um verde do mais tradicional de botinha e um preto tb bem normalzão! \o/
    Pede pro maridão comprar mais quando for pros States que é mais barato lá!
    Beijo beijo!

  3. Lendo seu artigo voltei no tempo… do meu primeiro emprego, do primeiro salário (…) Só consegui ter um tênis All Star com meu primeiro emprego de ofice boy e foi uma satisfação comprar dois pares : um vermelho e outro azul. Era preciso economizar e pesquisar bastante antes de gastar o dinheiro suado. Era época da inflação.. desemprego..etc. Mas Feliz! bj

    1. Oi Fernando!
      Que surpresa boa você passando por aqui :-).
      Eita década de 80 que marcou nossa geração. Pelo menos você ainda se lembra do All Star!
      Mas aqui eu vou te contar, é muito caro e nem tem inflação… como pode?!
      Beijos

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s