Coisas de sueco: no supermercado

Quando vou ao supermercado para abastecer a seção comidinha aqui de casa, eu tenho por hábito verificar todas as datas de validade e sempre procuro pegar os produtos que estão no fundo da prateleira, pois geralmente a data de validade é maior.

E como boa brasileira que sou também costumo escolher os legumes, frutas e verduras com muito cuidado, afinal não quero chegar em casa e constatar que algo está estragado e ter de jogar fora. Comer por aqui custa caro!

Mas a impressão que tenho é que sou a única que faz isso no supermercado. Sabe por quê? Porque sueco não liga para essas coisas, pelo menos é o que tenho observado até agora.

Já peguei produto da prateleira e quando fui fazer o check o dito cujo estava vencido. É claro que coloquei imediatamente no lugar e adivinha o que eu vejo? Um sueco pegando a mesma embalagem de presunto que eu havia devolvido e colocou na cestinha. Ele nem se quer se deu ao trabalho de olhar a data de validade.

Os suecos também não se preocupam em escolher batatas e cebolas. As batatas eles pegam todas numa espécie de pazinha e colocam no saquinho. Não importa se está boa, passada ou sei lá mais o que. Só sei de uma coisa: eu ainda prefiro as batatas lavadas e mais limpinhas.

Com as cebolas é a mesma coisa, porque eles pegam algumas unidades e jogam dentro do saquinho. Mas olha só que tristeza pegar as cebolas sem escolher… pra mim é de chorar.

Notei que enquanto eu fico ali perdendo pelo menos uns 10 minutos escolhendo um a um, já passaram por mim dois suecos e pegaram tudo num piscar de olhos.

O engraçado mesmo fica por conta dos ovos. Já fui alvo de chacota de muitos suecos no supermercado com risinhos, comentários e caras de espanto. Mas eu nem ligo e dou risada da situação. E sabe por quê? Porque eles NUNCA verificam se os ovos estão inteiros e sem nenhum quebradinho. Eu sou a única, sim a única a fazer isso no supermercado. Abro a caixinha e verifico um a um.

Eles não querem nem saber e escolhem o ovo pelo tipo e preço, pegam a caixinha e vão embora. Até que um dia eu quis bancar a sabichona e fiz a mesma coisa. Peguei a caixinha e fui para o caixa. Quando cheguei em casa qual foi a minha surpresa? Havia um ovo quebrado.

Por isso é que eu continuo verificando um a um e garantindo que o meu din-din não vá para o lixo.

Vi ses… hej då! ;-)

16 thoughts

  1. Essa coisa de data de validade eu acho que aqui acontece no Brasil também, principalmente com pessoas mais velhas. Uma vez uma vizinha de uns 60 anos me explicou que essa coisa de data de validade nos alimentos é muito recente, que antigamente as pessoas olhavam, cheiravam os produtos e se estivesse com cara e cheiro bons, comiam. Não tinha essa de data de validade. Já reparei que muitas pessoas nem conferem essas datas, nem olham se lata está – por exemplo – amassada.

    1. Sério Helenna que é assim? Poxa, eu não lembro disso. Acho que herdei isso minha mãe então, porque ela era muito zelosa. Ela conferia tudo, tudinho mesmo.
      E eu me recordo de que quando meu trazia para casa alguma lata amassada ela fazia o coitadinho voltar no mercado para trocar hehehe. Chatona, né? 😀

  2. Kkkk adorei seu post, faço tudo isso e mais um pouco, eu abro a caixa de ovos e alem de verificar se esta tudo ok ainda cheiro para sentir se não tem algum podre….abso

    1. Obrigada Arlete!
      Eu também gosto de cheirar as coisas antes de comprar e até mesmo antes de comer, mas com ovos eu nunca fiz. Tá aí, vou tentar também. Será que somos malucas ou preciosas demais? rs
      Puss!

  3. E eu que pensava que estava meio louca porque faço o mesmo no supermercado :). Eu quando comecei a comprar aqui, principalmente, as cebolas e batatas reparei que as cebolas estão quase sempre em mau estado de conservação e as batatas tem de ser bem escolhidas. Já para não falar dos legumes que muitas vezes estão quase podres nas prateleiras. Eu demoro imenso tempo a escolher :). Já reparei que ninguém faz isso até pensei que fosse exagero meu ao estar com tantas esquisitices. Os ovos eu faço o mesmo, sempre abro as caixas, não quero levar ovos partidos para casa. 🙂

    1. Hahaha… acho que todas as pessoas normais como nós, achamos que estamos entrando em parafuso com cenas como essas no supermercado. O que me conforta é que ainda preservamos alguns costumes tão simples… ainda bem! 😉

  4. Oii Vânia! Aqui em casa quem faz compras é o maridheeenho( pq é ele quem cozinha) e pasme, ele toma esses mesmos cuidados, inclusive me ensinou os macetes, olha os ovos dentro da caixinha, todo cuidadoso e eu dou maioooor apoio! Já na compra de frutas e verduras, é bem como você disse, empurra tudo podre e em cada tem a surpresa, rsrs! Por este motivo, frutas e legumes ficam por minha conta 🙂 chega de descascar abacaxi podreee!
    Beijoooo

    1. Oi Nara! Que delícia que é o seu marido quem cozinha e ainda bem que ele toma todo esse cuidado.
      O meu maridão me ajuda no mercado, mas sabe como é, preciso sempre fazer o teste de qualidade, pois caso contrário já viu… lá vai nosso dinheirinho pelo ralo :D. É bom dividir essas coisas com nossos maridinhos, né!?. Beijos

  5. OI Van….sabe o que eu lembrei agora é que quando estávamos lá no Canadá, eu ficava meio puta, porque a minha stepmother..rs, colocava na minha lancheira..rsrsr marmita, ou sei lá o que era aquilo, danones, sanduíches vencidos….Eu achava que era descaso comigo…mas agora que vc tá comentando isso , vai ver algumas culturas nem ligam muito pra isso mesmo né…rs!

    1. Oi Kel!
      Eu também lembro da minha “stepmother” fazendo a lancheira… rsrs mas ainda bem que na época ela não colocou nada vencido… pelo menos eu acho 😀
      Acho que alguns países não ligam pra isso e nós que somos brasileiros achamos uma coisa tão simples como essa tão essencial, né?!

  6. Nossa td o q vc falou eh verdade! Vi mta coisa vencida na época que eu tava aí e nem ligava!
    Ahhh vc não é a única na Suécia que confere ovos, uma vez fui ao mercado e vi uma pessoa conferindo… agora eu pensei: será que era brasileiro e eu nem me toquei? hehehe

  7. Oi Vania, tudo bem…nossa eu faço tudo isso no supermercado, não tem jeito. E quando chego em casa costumo lavar os ovos também…salmonela é perigosoooo. Frutas e legumes, olho tudo, machucadinhos, cor, formato…kkkk que louco né. Mas tenho a mesma opinião que vc, não quero jogar nada fora.

  8. hahahaha…Morri de rir com seu novo post…Quando estava morando em Uppsala, acho que era só eu também que checava os produtos (acho que é coisa de brasileiro, neste sentido somos exigentes e gostamos de coisas limpas). Uma vez estava eu no supermercado escolhendo batata e chegou um senhor mal humorado, reclamando em sueco que estava demorando muito tempo em frente às batatas…acredita? hahahahaha…..eu fiz a minha cara de sonsa…só repeti o meu:”Jag t alar inte svenska”..e continuei escolhendo as minhas batatinhas…é fogo, né?..hahahahahaha

    1. Oi Daiana!
      Legal saber dessas coisas, né?! A minha tática agora é ficar no ladinho da pratileira porque assim não atrapalho ninguém, mas ainda continuo recebendo alguns olhares esquisitos :D.

Faça a teimosa feliz. Comente!