Semla: fazendo o seu dia mais gordinho

Semla é um pãozinho de creme de cardamomo recheado com pasta de amêndoas e chantilly e que é tradicionalmente degustado na Terça-feira Gorda (Shrove Tuesday) ou como os suecos a chamam de Fettisdagen.

Não pense que nós brasileiros não conhecemos o Fettisdagen, porque nós conhecemos sim, mas com outro nome. Tá espantado? Não se espante, porque nós a chamamos de Terça-feira de Carnaval.

Mas qual é a relação do semla com o Fettisdagen? Segundo a tradição, esse pãozinho era a única fonte de alimentação durante o período da Quaresma, porém, com a diferença de que ele era servido no seu formato mais simples: sem recheio, sem chantilly e bem sem graça.

E olha só que interessante! Durante esse período de jejum as pessoas tiveram uma grande ideia para amenizar a falta de comida e consequentemente burlar a fome. Sabe como? Fazendo buracos dentro do pão e adicionando cremes e pasta de amêndoas. Bem espertinhos, né!

O tempo passou, a tradição se modificou e o semla se instaurou de vez com esse jeitinho calórico que só ele sabe ser. Dá para acreditar que essa belezinha aí pode chegar a ter 500 calorias! É muita caloria para uma única porção, não é mesmo?

Para alegrar os mais comilões, hoje em dia é possível achá-lo em algumas bakeries logo após o Natal e é uma das escolhas mais populares durante uma pausa para o café.

Só para se ter uma ideia de como o negócio bomba nas terras geladas, cerca de 40 milhões de semlor (plural de semla) são vendidos em toda a Suécia nesse período do ano (do pós Natal até a Páscoa). A cidade de Gotemburgo, a minha linda Gotis City, é responsável pelo consumo de 2 milhões de unidades.

Existe aqui em Gotis City até indicação dos melhores estabelecimentos para se degustar essa gordice. Portanto, se estiver pelas redondezas, tem curiosidade de experimentar e não tem medo de engordar, dê um pulinho nos seguintes lugares:

E não importa se o semla é consumido acompanhado de café/chá ou numa tigela com leite quente, pois o importante é experimentar e participar.

Confesso que ainda não degustei porque não sou muito fã de chantilly, apesar de comer só um pouquinho de vez em quando. Além disso, o vispgrädde (chantilly) sueco não leva sequer uma pitadinha de açúcar, o que me faz evitá-lo ainda mais. Porém, eu ainda não tenho uma ideia formada sobre o assunto, mas sei que as opiniões se dividem quanto ao sabor:

  • há quem ache uma delícia;
  • há quem ache comível;
  • há quem provou, gostou, mas não amou;
  • há quem provou e uma vez bastou;
  • há quem ainda não experimentou e não tem vontade nenhuma (eu!).

Mas vai que de repente uma vontade louca bata à minha porta e quem sabe no dia 12 de fevereiro, o dia do Fettisdagen, eu não me arrisque a experimentar e tire minhas próprias conclusões se realmente vale a pena ingerir tantas calorias assim.

Vi ses… hej då! ;-)

18 thoughts

  1. Eu sei que este post tem tempo! mas li esses dias que um rei morreu de tanto consumir esse doce com leite…rsrsr ele comeu algo em torno de 40 porções… haja espaço para acomodar tanta comida!!! e isso depois de uma lauta refeição…eca!

  2. Olà Vania ! Estou adorando ler o seu blog 🙂 .. esse è um post de fevereiro .. mas pretendo continuar te seguindo 😉
    Bom, esse paozinho nao sei se voce ja provou .. mas eu tive a ”oportunidade” heheh.. e tadinho … ele é gostosinho 🙂 ( até rimou) .. Continue postando suas aventuras na Terra dos Vickings 😉 !!

    1. Oi Marcele, seja muito bem vinda!
      Olha só você, navegando pelos meus posts antigos. Que massa! 😀
      Eu acabei me rendendo e experimentando sim, mas acredita que joguei metade do chantilly fora? kkkk. Volte sempre que desejar, tá?! 😉
      Um grande beijo!

  3. Adorei saber a historia deste pãozinho(pãozão, devido a quantidade de calorias rsrs)
    eu ate hoje ainda não comi um, acredita?Sempre de dieta nesta epoca do ano(realizando a lista de desejos para o ano novo)
    quem sabe um dia, quando estiver MAGRA…bjo

    1. Viu como já tinha gente “malandrinha” há um tantão de tempo atrás! Mas eu acho que você precisa experimentar, afinal de contas uma vez por ano não tem problema. Beijos.

  4. Semla é o meu pãozinho favorito!!!! Eu faco todos os anos. É mais gostoso comer quentinho e fresco em casa. O pãozinho pode congelar. Ano passado acho que comemorou até Marco, pq congelamos uma parte, fica gostoso mesmo assim. Eu recomendo você experimentar, eu não como com mergulhado no leite, na verdade eu como acompanhado com leite. Já fiquei com água na boca. Acho que vou fazer nesse fim de semana.

    1. Jura que você gosta Debbie? E eu aqui enrolando para experimentar. Estou até fazendo uma preparação psicológica para ver se crio coragem e como o bendito pãozinho antes que a temporada dele se vá. Agora, comer quentinho, fresquinho e ainda por cima caseiro, acho que deve ser coisa de outro mundo… esse sim deu água na boca. Se você fizer, coloca fotinhos no blog, vá que de repente isso me dê aquele empurrãozinho que está faltando. 😀

  5. Será que não dá pra imaginar que é um sonho bem gordinho de padaria e mandar bala??? haha
    Ele tem uma cara bem bonita… acho que vale experimentar (e depois contar pra gente!) 😉
    beijos

    1. Quel!
      Quem dera eu conseguisse imaginar que fosse um sonho, porque o trequinho aí tá longe de ser um. Acho que vou tomar alguns conhaques antes e de repente vá que o efeito seja melhor.
      Beijos.

  6. Vânia!
    Eu já comi… gostei muito mas o problema, como você disse, são as 500 calorias. Como eu não sou fã de café também ajuda porque acaba ficando sem graça, tipo semla com chá? Eu recomendo procurar pelas pequenininhas e comprar aquelas com saber de baunilha. Com se diz em sueco, mums!
    Beijinho!

    1. Maria!
      Eu vi as pequenininhas no supermercado, mas não deu aquele tchan. Eu olhei pra ela, ela olhou pra mim e eu sai correndo, porque já estava engordando só de olhar :D.
      Beijos

  7. Aff!
    Pior que eu me encaixo no último grupo também. =}
    E depois que saí tomar um café com o pessoal da Folk e um dos meninos pediu, fez careta e quase não conseguiu comer eu acho que passo. rs
    Beijos!

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s