Universeum: um passeio pela ciência

Eu podia jurar que já havia postado sobre o Universeum, mas remexendo no arquivo do diário percebi que ele nunca sequer foi mencionado. E como o verão está chegando e a temporada de turistas começando, vou mostrar um pouco sobre o local, principalmente para aqueles que pensam em visitar Gotemburgo e trazer os pimpolhos para a diversão.

Universeum em Gotemburgo

O Universeum é um centro de ciências dividido em seis seções para entreter adultos e crianças, através das oficinas experimentais e de uma coleção de répteis, peixes e insetos. O prédio foi inaugurado em 2001 e contou até com a participação ilustre de Carl XVI Gustaf, o rei da Suécia. Para se tornar o que o Universeum é hoje, a instituição recebeu ajuda de 16 universidades suecas, entre elas a Universidade Técnica Chalmers e a Universidade de Gotemburgo, para tocar o projeto de instalação, bem como da própria Associação Regional de Gotemburgo e da Câmera de Comércio. Atualmente algumas empresas suecas subsidiam financeiramente a instituição e entre as mais conhecidas estão AstraZeneca, Skandia, SKF, Stena AB e Volvo. E o melhor de tudo é o fácil acesso já que está localizado ao lado do parque de diversões Liseberg em Korsvägen.

Sem dar mais voltas, lembra daquela minha amiga que veio me visitar e que eu aproveitei para arrastá-la à fortazeleza Nya Älvsborgs Fästning? Então, nem preciso dizer que a arrastei para o Universeum também, né?! Tentando isentar um pouco o meu lado de convencer as pessoas a fazerem o que eu quero, achei que a visita seria bastante interessante, justamente por ela ser bióloga e estar super ligada nessas coisas. Merecia um tour assim!

Numa dessas manhãs chuvosas decidi decidimos ir até lá. Não foi novidade ver a movimentação da bilheteria, afinal férias, chuva e até certo friozinho, requer atividades indoor. Pagamos pela entrada 195,00 coroas (por volta de R$ 65,00) cada uma, o que nos assustou um pouco, pois achamos meio caro, mas já que estávamos lá, decidimos ir frente com os nossos planos. Parênteses: eu verifiquei o site esse ano e vi que o valor da entrada deu uma inflada. Um adulto agora paga cerca de 210,00 coroas (R$ 70,00) e crianças entre 3 e 16 anos pagam 160,00 (R$ 53,00). Apesar de ter a opção de pacote família com desconto, continuo achando que o preço está alto.

A primeira seção que vimos foi a “Vattnets Väg” (Caminho da Água). Nesse espaço é possível ver ratinhos, insetos, larvas, besouros e formigas. Sinceramente, eu não gosto dessas coisas, mas notei que as crianças estavam se divertindo e delirando a cada novidade.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Nesse mesmo espaço eu vi pela primeira vez essa ave. Eu não tenho ideia do nome, mas ela estava num tipo de tanque, nadando, mergulhando e te encarando meio mal-humorada.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Também é possível ver estrelas do mar, caranguejos e outras coisas mais.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Em seguida fomos para a segunda seção chamada de “Dödliga Skönheter” (Belezas Fatais) onde ficam os répteis mortais e venenosos.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Ainda nesse espaço as crianças podem brincar de serem capturadas por um tubarão fazendo gracinhas e até caminharem por uma pequena ponte colocada sobre um tanque com raias. Um ou outro se arrisca a colocar os dedinhos na água, mas eu desaconselho totalmente essa postura, porque vai que, né?

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Depois de passarmos pelas raias e de brincarmos com o tubarão nós chegamos à terceira seção a “Akvariehallen” (A Área do Oceano), onde o colorido dos peixes e a representação do fundo do mar enchem os olhos com tanta beleza. Aqui rola uma apresentação para adultos e crianças, feita por um dos funcionários, mas só para variar é em sueco.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Agora a parte mais legal é caminhar embaixo do aquário e gastar um bom tempo olhando como os peixes ficam de um lado para o outro. Só que para tirar essa foto, com quase ninguém por perto, ficamos aí pelo menos 15 minutos aguardando o povo ir embora. Difícil, viu!

Universeum em Gotemburgo

As grandes atrações do aquário são os tubarões com aquele olhar paralisado, sem vida e com cara de assassino. Porém, quando visitamos havia somente o tubarão serra, com um olhar meigo e boca meio engraçadinha, que vistos de baixo lembravam até um chinês.

Universeum em Gotemburgo

Alguns chegaram até a parar de trabalhar para conferir a volta matinal do amigo, enquanto outros deixaram o queixo cair. Mas eu, aproveitei a oportunidade para ser fotografada.

Universeum em Gotemburgo

Já na quarta seção a “Regnskogen” (A Floresta Tropical) macacos e outros animais tropicais vivem e se movimentam livremente.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Aqui dá para ver bem de pertinho os macacos e não se assuste se algum deles cruzar a sua frente rapidamente. Porém, é preciso seguir algumas regras como não alimentá-los e não fotografá-los com flash. Posto isso, o que todos devem fazer? Respeitar as regras, certo? Que nada! Uma senhora, muito da sem noção, enfiou a câmera na cara do pobre macaquinho, com um flash tão avassalador que até eu perdi a visão por alguns segundos. O coitado ficou tão assustado que se escondeu em uma das árvores e não quis mais sair de lá de jeito nenhum. Ai… fiquei tão brava e perguntei se ela tinha visto o aviso. Sabe o que ela fez? Me ignorou! E olha que nem vou dizer que era sueca, tá!

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Também é possível ver sapinhos, papagaios e até um bicho preguiça.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

Na quinta seção o “Kalejdo” mostra uma exposição sobre investigação, laser e coisas do espaço. Essa área estava disputadíssima, isso porque havia apenas alguns simuladores em funcionamento e as crianças aguardavam ansiosas a vez de brincar. Só para dizer que não visitamos, registrei a Fezona bancando a astronauta.

Universeum em Gotemburgo

Na sexta e última seção chamada de “Explora” trata-se de uma área de experiência sobre os seres humanos e a tecnologia. Aqui sim pudemos brincar e nos divertir como verdadeiras crianças.

  • Fizemos poses e apelos.

Universeum em Gotemburgo

Universeum em Gotemburgo

  • Brincamos com os espelhos.

Universeum em Gotemburgo

  • Vimos onde nosso corpo estava mais caliente.

Universeum em Gotemburgo

  • A Fezona brincou com a imagem.

Universeum em Gotemburgo

  • E a gente só não se afixou na parede, porque não tinha roupa do nosso tamanho.

Universeum em Gotemburgo

Achei o passeio divertido e gostei da interatividade que o Universeum proporciona, principalmente, às crianças. Para um grupo de adultos, talvez a parte mais interessante seja somente o Aquário e a Floresta Tropical, agora para quem tem filhos, com certeza todas as seções são uma excelente pedida.

Universeum em Gotemburgo

Universeum

Endereço: Södra Vägen 50– 40020 – Göteborg

Horário de Funcionamento: Todos os dias das 10.00 às 18.00 e no verão das 09.00 às 20.00

Vi ses… hej då! 😉

8 pensamentos

  1. Oii Vân,
    Uau , muito interessante .. quando me organizar e for pra Gotis City , pode ter certeza que eu vou dar um “jeitinho” de ir ao aquário, sempre me interessei por biologia e adorei as suas fotografias , e realmente o tubarão lembra um chinês com uma serra na cabeça, haha.
    Puss och kram 😉

    1. Esse é um dos pontos turísticos mais frequentados na cidade e se você gosta de passeios assim, eu super recomendo porque é bem legal. Fiquei encantada com o aquário, mas só senti por ter mais tubarões por lá. Bom, se não havia, algum bom motivo deve ter, né?!.
      Puss, puss, puss!

  2. Amei!!!! Achei tudo muuuuuuuuito interativo nada parecido por aqui no Brasil. Quando (se) for a Suécia com certeza passarei por aí. Bjks

    1. Interatividade é o que não falta. Espero que você venha para cá mesmo, pois poderá ver com os seus próprios olhos como a maior parte das atrações turísticas e infra-estrutura estão voltadas para as crianças.
      Beijos.

  3. Lugar super interessante. Quando me planejar para ir à Suécia, vou colocá-lo na lista… o preço será que não aumentou por causa da alta temporada? Muitos lugares fazem isso.

    Kisu!

    1. Aqui tem bastante coisa pra se fazer, principalmente durante o verão, quando a cidade ferve de turista. Esse é um dos pontos mais visitados, principalmente por suecos. Com relação aos preços, na verdade foi reajustado para o ano todo. Geralmente as atrações turísticas tem preço meio que tabelado, independente da temporada. Porém, os restaurantes aumentam o preço durante o verão. Acho tão chato isso, mas já até me acostumei!
      Puss!

  4. Eu quero levar meus pais lá! Minha mãe vai achar um barato ver a vida do fundo do mar!
    Já minha irmã não pode entrar de jeito maneira no viveiro das rãs e sapos – ela tem fobia desses anfíbios…
    Beijos!

    1. Pode ter certeza de que sua família irá gostar bastante do Aquário, porque sem dúvida essa é a seção mais interessante do Universeum. Agora, fala para a sua irmã ficar tranquila que os sapos coloridos são até bonitinhos e acho que ela irá querer levar um pra casa, viu! 😉
      Beijos

Faça a teimosa feliz. Comente!