De Ipaussu para o Mundo

Poucas pessoas sabem, mas eu nasci em uma cidadezinha no interior de São Paulo chamada Ipaussu. Cidade essa localizada próxima ao estado do Paraná e que tem por volta de 14 mil habitantes. Já teve sua grafia alterada de Ipauçu, com cedilha, para Ipaussu com dois s’s. Tudo isso porque essa cedilha já foi apagada e o nome da cidade virou outra coisa. Apesar do prefeito na época não ter segurado as inúmeras piadinhas, sobrou para o pessoal que é das antigas pagar esse mico com o registro dos documentos, como é o meu caso, que carrego no passaporte o nome de Ipaucu. Isso não é nenhum palavrão, tá bem? É apenas um nome indígena que os computadores modernos não conseguem identificar.

Ipaussu

Morei em Ipaussu até os meus quatro aninhos até o dia em que a família decidiu mudar de mala e cuia para a cidade da garoa na busca de melhores oportunidades. Em São Paulo estudei, trabalhei, casei e morei por mais de 30 anos. E acredite, eu nunca havia saído de terras brasileiras até então.

A minha primeira viagem internacional só veio a acontecer em 2006. E sabe para onde? Para a Suécia! Se naquela época alguém me dissesse que após sete anos esse seria o país onde eu moraria, com certeza eu soltaria uma estrondosa gargalhada. E veja só, já tenho mais de dois anos morando na terra dos vikings.

A cidade que me acolheu foi Gotemburgo ou como eu a chamo carinhosamente de Gotis City. Nesses dois anos posso dizer que aproveitei tudo o que a cidade oferece: transporte público, ciclovias, eventos, festivais, comemorações, campeonatos esportivos, shows, cafeterias, restaurantes, museus, caminhadas, parques, piqueniques e muitas outras coisas. Tirei cerca de 10 mil fotos. Um exagero… eu sei. Mas registrei o que podia e o que não podia também. Acho que perdi as contas dos lugares que conheci e de tudo o que fiz.

Além disso, Gotemburgo foi o ponto de partida para conhecer outras cidades/países. E o título desse post não poderia ser diferente, pois posso dizer com a boca cheia de que as viagens foram uma experiência incrível, enriquecedora e algumas até cômicas de se contar. Viajar no estilo mochileiro é uma aventura inexplicável e não é qualquer um que aguenta o tranco. Eu e o maridão sempre brincamos com a frase de “Ipaussu para o Mundo”, afinal eu sou fui uma caipira de pé vermelho, que saiu de uma cidade pequena e que hoje se aventura em terras escandinavas.

E quem diria que após esses dois anos uma nova mudança iria surgir. Algumas pessoas já sabem da novidade, outras desconfiam e tantas outras saberão agora. Estou deixando a minha linda Gotis City. Aquela sensação de ansiedade, felicidade e até certo medinho se misturam novamente. Outra mudança, novos amigos, experiências e desafios, mas ainda com a vantagem de que adaptação agora não é mais um bicho de sete cabeças. Sabe por quê? Porque ainda continuarei no mesmo país e com a mesma cultura, mas agora numa cidade maior, com mais atrações, mais pessoas e mais tudo. Já sabe qual é? Minha nova cidade agora é Estocolmo e porque não chamá-la de Stock City?

City Hall em Estocolmo

Essa é a grande razão do meu sumiço no blog, facebook, Instagram e no atraso do retorno às mensagens e e-mails. Primeiro por causa da correria da mudança e outra porque fiquei sem vontade de blogar mesmo. Fiquei triste no dia que me despedi de Gotis City. Chorei e até solucei.

As despedidas, os abraços e as felicitações para a nova etapa foram poucas e sinceras. Confesso que preferi assim, sem alarde algum. Mas de todas as pessoas que me despedi, uma delas foi a mais difícil, a de um grande amigo sueco, que aos poucos entrou na minha vida e conquistou o meu coração. A palavra “hej då” (tchau em português) ficou entalada na garganta, o abraço apertado demonstrou “Fique! Não vá!” e os olhos repletos de lágrimas disseram o que mil palavras não conseguiriam expressar. Mas a vida é assim, com altos e baixos, perdas e conquistas, lágrimas e sorrisos. Só que de uma coisa eu tenho certeza, mesmo que os nossos idiomas sejam diferentes, conquistei um amigo para a vida toda!

Agora estou eu aqui em Estocolmo, reaprendendo a viver numa cidade grande, conhecendo e relembrando os lugares que visitei há alguns anos e tentando encontrar o meu lugar mais uma vez.

City Hall em Estocolmo

Tudo isso porque a vida continua!

Vi ses… hej då! 😉

24 thoughts

  1. Se eu disser que me emocionei lendo esse post, vc me chama de manteiga?
    E só me dei mais curiosidade ainda de saber como vc decidiu se mudar de mala e cuia para a Suécia porque eu jurava que vc era casada com um sueco, mas então seu marido também é de Ipaussu, né??

    Pronto, to que não me aguento.
    Escreva, Vânia, escreva.. hehe

    Beijo

    1. Ai que linda! Adorei a “manteiga”, até porque eu sou igualzinha rs.

      Vou preparar esse texto acho que para a próxima semana. Precisa ser feito com carinho, né?

      Guenta coração Paolete! Guenta que logo mais ele sai! 😀

      Bjs.

        1. Débora, você acredita que não? Esse texto ainda está no rascunho! Como fiquei tão ausente no ano passado, várias textos acabaram não sendo publicados. Estou tentando retomar o blog esse ano com postagens mais frequentes. Vamos ver se ele sai. 😉

  2. Boa sorte neste nova etapa! Pelo que eu já eu vi, Estocolmo parece ser uma linda cidade, acho que não será difícil se acostumar :-). E sou de São Paulo, lá nasci, cresci e vivi até me mudar, mas parte da minha família é do interior, então quando criança íamos sempre nas férias para l’a. Tenho boas lembranças. Bjsss

    1. Oi Sandra!
      Realmente a cidade é linda e tem coisa para fazer até dizer chega, ainda mais que agora é verão e Estocolmo é uma cidade mega turística. Estou bastante animada de ver a cidade cheia.

      Hoje em dia tenho poucos familiares no interior, mas eu me lembro de quando era adolescente passava as minhas férias lá. Também tenho boas lembranças!

      Obrigada pelo carinho. Um super beijo!

  3. Que legal. Eu também sou de cidadizinha pequena mas já rodei o Brasil, rs. Só ainda não tive a oportunidade de ir pra fora… vê se me leva pra Suécia, oras! rs. Seu cantinho é um charme só! Super beijos :*

    1. Oi Paula, seja bem vinda!
      Eu queria ter rodado o Brasil e sinto por nunca ter feito isso. Conheço tão pouco da nossa terra. Espero que um dia eu possa conhecer mais desse Brasil tão lindo que nós temos.

      Haha, se eu pudesse traria tanta gente para cá… Pena que nem sempre dá pra fazer tudo que a gente quer, né?! 😀

      Muito obrigada pelo seu carinho. Um grande beijo!

  4. Uau … Vamos conhecer outra cidade… Vc é uma verdadeira cosmopolita!!!!!! Que as incertezas, dúvidas, medos sejam transformados em aventuras, emoções e a descoberta de outras verdadeiras amizades. Estamos com você!!!!! Sinta meu abraço e carinho! Amo ler e conhecer o mundo (Suécia) por suas fotos e palavras. Bjks e “tamo junto!!!!!” 🙂

    1. Outra cidade, muitos lugares e nova rotina. Ufa! Será que vou dar conta? Espero que sim! Ainda vou postar algumas coisas de Gotis City, antes de começar a escrever sobre a minha vidinha em Stock City, porque talvez ainda possa interessar a alguém e até mesmo para ter como registro pessoal. Muito obrigada pelos comentários, pela energia positiva e por todo o carinho. Um grande beijo no seu coração e pode ter certeza de que me senti abraçada!

  5. Oiie Vanoca!
    Torço para que tudo dê certo pra você ai em Escocolmo e que aproveite o máximo dessa grande cidade e que também faça novos amigos. Boa Sorte!!!
    Continue postando novidades e eu estarei te acompanhando pelo blog sempre que puder.
    Puss och Kram. 🙂

    1. Oi lindinha!
      Agora é bola pra frente e tentar cair de cabeça para conhecer a nova cidade. Já vi que tem tanta coisa para se fazer aqui, que nem sei por onde começar rs. Muito obrigada pelo carinho de sempre. Beijos!

    1. Oi Célia!
      Acho que as coisas agora serão mais fáceis e o grande desafio mesmo está em me acostumar a rotina de cidade grande novamente. Valeu pelo carinho. Mega beijo!

  6. Que legal! Foi morar na capital! Engraçado, estou passando pela mesma situação que vc. Saí da pequena cidade onde cheguei não para ir à capital, mas muito próximo de Londres. Como se fosse SBC à SP. Sei exatamente o que vc sente. Mas temos que dar lugar ao novo.

    Boa sorte na sua empreitada!

    Kisu!

    1. Quando eu acho que escapei da agitação, o destino me prepara outras surpresas e eu volto para ela rs. Mas eu acho que mudanças nunca acontecem por acaso e procuro sempre olhar pelo lado positivo. Estou bastante entusiasmada com os novos desafios. Sucesso para você nessa nova jornada. Um super beijo!

  7. Tudo vai dar certo pra vcs ai em Stock City Vania. Espero ter a oportunidade de ir ai em breve ou talvez até me mudar tb pra capitarr…=) Dai podemos tomar um café e tagarelar bastante… bjo grande!

    1. Com certeza Pri, agora é só uma questão de conhecer a cidade e aprender a dinâmica daqui. Estou na torcida para vc vir para cá e com certeza teremos muitos fikas rs. Um super beijo!

Faça a teimosa feliz. Comente!