Primeiras impressões sobre Estocolmo

Para a tristeza de alguns e alegria de outros estou retomando o diário. Quem disse que mudar de endereço é fácil? Pois é, fiquei perdida em meio as 64 caixas espalhadas por todos os lados e me surpreendi ao ver como eu consegui juntar tanta tralha em apenas dois anos. A solução foi colocar mãos à obra e focar as energias na organização dessa bagunça. E o resultado não poderia ter sido melhor: tudo desempacotado e devidamente organizado.

Agora sim posso dizer que tenho um lar novamente. Eu sei que não deveria ter feito isso, justamente nessa época do ano, afinal o verão por aqui é rápido. E olha que esse ano ele chegou chegando! O fato é que eu detesto bagunça e ver tudo espalhado pelos quatro cantos da casa estava me dando nos nervos. Ufa, passou e agora estou me sentindo bem melhor em ver cada coisa no seu lugar e saber exatamente onde elas estão. Não tem coisa pior que ficar procurando um objeto, que não se sabe onde foi empacotado e ficar caçando pelas inúmeras caixas. Bom, mas isso já é coisa do passado, porque tudo agora está do jeito que eu gosto.

Chega de enrolação, vamos ao título desse post?

Uma das primeiras coisas que percebi é que aqui chove beeeeeeeem menos que Gotemburgo. Desde que cheguei, pelo menos que eu me lembre, choveu apenas uma vez e parece que o clima aqui é mais seco. Após quase dois anos consegui usar vestido por uma semana consecutiva. Nem acreditei! É muita alegria que não cabe dentro de mim. Pode parecer bobagem, mas eu já nem me lembrava mais qual era a sensação de sentir os raios solares nas pernocas. E para ser sincera, nem fiquei com vergonha de exibir o meu bronzeado cor de palmito, hein?

Estocolmo é uma cidade bem mais internacional e turística se comparada à Gotemburgo. Dentro do metrô é possível ouvir tantos idiomas ao mesmo tempo que te deixam até meio zonza. Há imigrantes e turistas espalhados por todos os lados. Consequentemente, é uma cidade mais acelerada, com muitas atrações turísticas, transporte público mais cheio e lugares para comer ou tomar um café mais disputados.

Com relação a se vestir eu diria que a galera por aqui é mais moderna, estilosa e ousada. Porém, o estilo irá variar conforme a região. Por exemplo, em Södermalm as pessoas são mais alternativas e descoladas, mesclam tecidos, texturas e acessórios, enquanto que em Östermalm eu me arrisco a dizer que o pessoal é mais mauricinho e mais engomadinho. De qualquer forma eu me sinto bem em ambos os lugares e já estou até experimentando looks diferentes por aqui.

Aqui também existem as tradicionais bikes com cestinhas, mas pelo que pude observar a grande maioria prefere as de tracking. Posso estar enganada, mas tive a impressão que a tradicional é mais um estilo do interior. Será?

Outra coisa é que achei que os stockholmare são meio nariz empinado e mais fechados. Não espere um “obrigado” por algo gentil que você venha a fazer, como dar uma simples passagem para alguém no metrô ou no supermercado. Até agora recebi apenas um Tack! (Obrigado) pelas gentilezas que fiz, mas como diz o ditado faça o bem não importa a quem, vou continuar com os meus bons modos, afinal eu fui criada assim.

Sabe aquela rivalidade besta que há entre São Paulo e Rio? Pois é, aqui existe entre Estocolmo e Gotemburgo. Já ouvi inúmeros comentários e tantas piadas que até perdi a conta. Porém, em compensação, eu consigo entender muito mais o sueco falado aqui. Desculpe Gotemburgo, você sabe que mora no meu coração, mas o idioma em Estocolmo é mais “limpo”.

Além disso, tenho a sensação de que o bichinho da adaptação voltou a me picar. Mesmo sendo o mesmo país e estando familiarizada com a cultura me sinto meio perdida na cidade, talvez seja pelo ritmo que é diferente se comparado a Gotemburgo ou porque as pessoas agora são outras. Ainda não sei! Por outro lado, agora eu tenho a oportunidade de contemplar essa linda visão da minha sacada e me perder em pensamentos, planos e reflexões.

IMG_3537

Não tem como ignorar que a vista é linda e que com certeza ela me ajudará nessa nova fase.

Vi ses… hej då! 😉

24 thoughts

  1. Bem-vinda Vania!!!
    Achei que em poucas palavras você resumiu bem sobre Stockholm. Tenho certeza que você vai se apaixonar por esse lugar e eu espero poder Fazer da sua estadia aqui mais calorosa possível.

    Um bjo bem grande.

    1. Debbie!
      Acho que já me apaixonei 😀
      Tem tanta coisa boa, divertida e interessante para se fazer aqui que eu preciso tomar cuidado para não ir à falência rs.
      Agradeço muito seu carinho e por me estar me dando essa força na minha chegada.
      Um super beijo!

  2. OBAAAAA!!!!! You back!!!!! Que bom agora que está tudo no lugar voltamos a ler e conhecer uma nova cidade a famosa Stock City…. De tudo que vc falou só uma coisa me deixou com dúvida… Aí não é uma LegoCity né????!!!!! Vou esperar mais post para conferir… é ótimo tê-la de volta!!!!!! SUCESSO!!!!! Bjks 🙂

    1. Sim, voltei! Achou que ia conseguir se livrar de mim? De jeito nenhum! Eu sou teimosa e insisto em ficar de qualquer jeito!
      Sabe que eu não sei se é uma LegoCity. Acho que já estou tão acostumada, que para mim agora parece tudo igual.
      Eu ainda quero postar algumas coisas de Gotis City e depois disso fecho o ciclo e começo as coisas de Stock City. Ou talvez eu mescle as duas cidades… vamos ver.
      Obrigada mais uma vez pelo seu carinho!!! Você é uma querida.
      Um grande beijo.

  3. Vânia!!! menina, não sabia que tinha mudado pra Estocolmo!!! To super desantenada dos bolgs etc, (incluindo o meu), com a loucura aqui no trabalho e meu experimento… mas agora estamos mais perto!! Que ótimo! Uppsala e Estocolmo estao só a 40 minutos de trem… quero muito te ver! beijos

    1. Daiana!
      Eu percebi que ele andava meio abandonado e imaginei que fosse por causa das suas atividades. Pois é… mudei! Faz pouco tempo que estou aqui e ainda naquele processo de tentar achar as coisas, como me locomover pela cidade e por aí vai. Se estamos há apenas 40 minutos, demorou pra gente marcar alguma coisa. Vamos combinar um fika? rs 😀 Beijos

      1. Vamos sim…que tal algum final de semana de agosto? Mais pro fim, pq agora no comeco eu to recebendo uma estudante da Áustria que via me dar mais trabalho…hahahh…Eu moro aqui em Uppsala e é uma vergonha dizer que nao sei nada de Estocolmo. Tao perto, e tao longe ao mesmo tempo…acabo fazendo coisas pro aqui, entao sou meio toupeira pra andar em Stock city. Mas nada como marcarmos uma tarde de sábado pra bater perna na cidade e passarmos algum tempo juntas, que tal? beijos

  4. Oie!
    Vanoca rs. Que bom que está gostando de Stock City* e que retomou o blog. Olha, realmente a sua vista ai é incrivelmente linda, estou ansiosa pra ver como são as pessoas e os estilos dos stockholmare… sempre soube que eles são mais fechados e secos.
    Desejo tudo de bom pra ti nessa Terra de Vikings.

    Puss och kram 😉

    1. Oi moça bonita!
      Estou gostando mesmo, mas ainda tentando encontrar os lugares básicos pela cidade. Eu tenho vontade de blogar todos os dias, tenho mil ideias, mas nem sempre o tempo deixa. Fotografei bem pouco da cidade, mas espero que em breve eu consiga compartilhar um pouco sobre Stock City e que consiga tirar essa nova adaptação de letra.
      Valeu pelo carinho!
      Puss, puss, puss!

  5. Tá igual eu então.. se adaptando ao novo lar e pelo visto foi uma bela troca rs. Sua vista tb é de tirar o fôlego e é bem comum compararmos. Eu morava no interior, aqui ainda é interior, mas é mais perto de Londres e tem mais turistas. Já fui confundida na rua como turista rs. Por um lado é bom pq as pessoas não me olham como se eu fosse ET rs.

    Lembrei de vc, estou lendo a coletânea Milleminum do Stieg Larsson. A história se passa na Suécia, se vc ainda não leu parece bem interessante.

    Kisu!

    1. Oi Bah!
      Eu acho que foi mesmo. Estou impressionada com a quantidade de lugares e atividades que a cidade oferece. Não sei se porque é verão ou é o ritmo da cidade mesmo. Espero que em breve em consiga descobrir os lugares por aqui, porque ainda continuo meio perdida. Se bem que para quem morou em SP, Stock City será fichinha… pelo menos assim espero.

      Estava tentando fugir dessa comparação, mas não consegui evitar. Estou bastante empolgada com as novidades e espero que em breve eu poste no diário :D.

      Já assisti aos filmes da trilogia em sueco. Difícil, viu?! Realmente a história é bastante interessante e eu adorei. E detalhe… no segundo filme aparece cenas de Gotemburgo! Acredita que fiquei me achando por causa disso? Maior tonta!

      Puss!

  6. Eu acho que iria gostar demais de Stock. Gosto de cidades de vida agitada, com muita opção e muito o que fazer, assim as pessoas não ficam se metendo na sua vida. Vc ja encontrou a Debora por ai?

    Bjos

    1. Eu sinto bastante diferença entre Gotis e Stock, não apenas com relação à vida agitada, mas também ao próprio estilo de vida. Parece que aqui é mais urbano. Meu marido fala que o nosso tempo morando lá foi o suficiente pra gente conhecer e aprender bastante coisa sobre, mas que agora devemos encarar a nova etapa de nossas vidas. Eu tô bastante feliz com essa oportunidade! Agora, essa coisa do povo se intrometer na vida dos outros… eu detesto!
      Ainda não encontrei a Debora… eu acho que ela estava passando férias no Brasil. Bom, acho que em breve vou começar a convidar todo mundo para um fika e inteirar das novidades da cidade! 😉
      Um super beijo!

  7. Eu acho que mudar sempre é ruim, vivo mudando de casa/escola/cidade/estado desde os 7 anos de idade, então eu sei bem o que é isso! Mas depois você meio que acostuma e até sente falta, começa a querer que a mudança seja constante. Esquisito isso, né? A única coisa que eu sempre detestei foi mudar de escola, mas mais porque eu sou péssima pra fazer amizade. Funciono no mais primitivo estilo animal (ótima comparação, hahah); tenho que reconhecer o território primeiro antes de simples chegar e introsar, como algumas pessoas fazem e tem facilidade.
    Mas o lado bom é que você disse há uns posts atrás que largou mão de esperar companhia pra fazer as coisas, o que é ótimo! Assim você não perde coisas legais por não ter com quem ir 😉 Aliás, quando eu li isso, eu pensei “poxa, a Vânia sem companhia e eu também e um oceano entre a gente, hahaha”.

    Boa sorte na nova cidade, e mal posso esperar pra você mostrar o que encontra por aí!
    Beijos!

    1. Oi Jax!
      Você sabe que agora já estou ficando acostumada a mudar e vou te confessar que estou até gostando. Aliás, é sempre bom renovar os ares! O problema mesmo fica por conta da organização da bagunça e de ter de se habituar a uma nova cidade. Mas nada que com o tempo e a cabeça no lugar a gente não consiga isso.
      Haha ri muito agora com o seu “funciono no mais primitivo estilo animal”. Sabe que gostei disso! Eu acho que às vezes sou um pouco assim também, ou melhor, eu aprendi a ser. Desde que cheguei à terra dos vikings eu me sinto meio tímida, seja por não dominar a língua ou por ainda derrapar no inglês. Mas de uma coisa eu tenho certeza, com ou sem domínio do idioma ninguém me segura!!!
      Na vida acontecem tantas mudanças, quem sabe um dia a gente fique do mesmo lado do oceano?! 😉
      Beijos!

  8. Cara teimosa! Hahahaha….
    Vânia,
    Gostei muito do texto que escreveu e fiquei bastante interessado em ver fotos do visual alternativo e “mauricinho” que descreveu sobre as pessoas que vivem em Estocolmo. Claro que também quero ver seus novos looks acompanhando a tendência escandinava. Aproveito para deixar um abraço para o Angelo e que possamos nos ver em breve. Fiquem com Deus!
    Bjos
    Ricardo Reis

    1. Caro Ricardo formal e descolado! 😀
      Ainda não tive tempo de colocar a minha lente em ação, mas tenho de fazer isso logo, porque o verão está acabando e daqui a pouco a galera estará toda coberta novamente. Se bem que o estilo “outonal” deve ser bem interessante de se ver também, hein?!

      Assim que eu postar essas fotos quero ver se você e a dona da pensão se animam em vir para cá, afinal o herdeiro tem de ser encomendado aqui em terras nórdicas! 😉

      Grande beijo!

  9. Gostei de ler as diferenças entre ambas as cidades! Estive em Gotemburgo apenas uma vez e não deu para fazer grandes comparações… fiquei apenas com a impressão de quem em Gotemburgo as pessoas se vestem de forma mais relaxada. Lembro-me que levei um vestido todo bonitinho para jantar fora e me senti um pouco fora do lugar! 🙂

    Seja bem-vinda a Estocolmo (eu não vivo em Estocolmo mas fica mais ou menos perto e então me sinto à vontade para dar as boas vindas haha)! E se quiser vamos tomar um cafezinho um dia destes :))

    Beijos

    1. Eu tenho de concordar com você que a galera de Gotemburgo é um pouco desleixada mesmo ao se vestir. Talvez, seja por isso que eu andava tão relaxada também rs. Mas aqui estou me sentindo em casa e finalmente estou conseguindo ousar mais nos meus looks. Você sabe que muitas vezes quando eu me produzia em Gotis City a galera ficava me medindo da cabeça aos pés. No início eu achei que fosse algum tipo de discriminação, mas depois entendi é que estavam “pagando pau” mesmo rs.

      Muito obrigada pelas boas vindas e com certeza vou adorar se marcarmos um fika por aqui. Será o máximo!!!

      Beijos mil 😉

  10. Teimosinha, que maravilha que você está curtindo sua nova terra! Foi o que eu pensei, Estocolmo é um dos lugares mais lindos que já vi e morar em um ambiente como esse, cheio de atrações, é um sonho! Vou ficar aguardando ansiosamente os posts sobre a cidade, eles serão meus guias da próxima vez que você que eu for ai!!!
    Bitocas!!!

    1. Oi Narinha!
      Tem muita coisa para se fazer aqui e eu ainda estou na fase de aprender o caminho do supermercado, do Vårdcentral, do SystemBolaget rs. Espero que em breve eu consiga me virar melhor na cidade e descobrir lugares legais, porque com certeza te levarei neles! 😉
      Um super beijo!

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s