Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Sou o tipo de pessoa que adora fazer uma boa caminhada. Gosto de descobrir novos lugares, me enfiar entre ruas e parques, meter as caras no desconhecido e me perder pela cidade. Pois é, eu aprendi a ser assim aqui na terra dos vikings.

Mas não para por aí. Essa vontade louca de sair desbravando os quatro cantos da cidade só é mais aguçada quando o sol resolve dar o seu ar da graça. E foi nesse clima e com o espírito de bater pernas por Estocolmo é que tive a oportunidade de conhecer Hagaparken. É um parque que fica situado em Solna e possui 144 hectares. Além de sua construção ter sido inspirada no mais puro estilo inglês, o parque ainda carrega nas costas a responsabilidade de pertencer ao Royal National City Park, que nada mais é que o primeiro parque nacional do mundo. Tá pensando que é pouca coisa… que nada!

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Para se chegar até lá eu e o maridão seguimos as orientações do site de transporte público da cidade e levamos apenas 15 minutos de ônibus. Porém, precisamos de uma ajudinha extra do nosso amigo Google Maps. Isso porque o ponto de ônibus fica do lado oposto do parque, numa imensa avenida e sem faixa de pedestre. Praticamente a 23 de Maio de São Paulo. Nos localizamos pelo Maps e atravessamos uma ponte próxima a esse ponto de ônibus. E não deu outra, o caminho estava mais do que certo.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Há quem diga que não há o que se ver muito por lá, mas tudo é uma questão de ponto de vista, não é mesmo. Acho que para quem gosta de natureza, de caminhadas, corridas ou uma simples esticadinha nos gramados, sem dúvida esse parque é o lugar ideal.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Uma das coisas que eu achei bem interessante do parque é que em alguns dos principais pontos a serem visitados tem o Audioguide. Basta ligar para o número indicado, seguir as instruções e ter acesso a toda a história e cultura do ambiente. O problema mesmo fica por conta do custo da ligação, principalmente se o telefone for de outro país. Haja dinheirinhos para pagar tudo isso depois, não?

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Não foi dessa vez que visitamos todos os lugares sugeridos do parque, mas por aqui dá para se ter uma ideia do que encontrar por lá.

  • Koppartälten (Tendas de Cobre): Construída em 1787 para ser um estábulo e quartel para os guardas. Hoje abriga restaurante, café e um pequenino museu privado.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Para ver se o museu valia a pena acabei dando uma xeretada. E sinceramente? Não vi muita coisa interessante. Mas não vou bancar a reclamona. Juro! Até porque a entrada foi grátis e as fotos antigas espalhadas pelas paredes conquistaram o meu coração.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

  • Övre Haga (Haga Superior): Foi construído em 1789 e é chamada também de “laranjal”. Já teve mil e uma utilidades, mas desde a década de 60 é utilizado como um ateliê artístico. Só deu mesmo para ver do lado de fora.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

  • Fjärilhuset (A Casa das Borboletas): Um ambiente tropical com centenas de borboletas super coloridas voando para todos os lados. Acabei esquecendo de tirar foto porque desistimos de visitar, pois estava muito cheio. Havia fila para praticamente tudo. Para entrar, para sair, para comprar uns quitutes e para matar a sede. Nem mesmo a fila do banheiro deu um desconto. Em frente à casa das borboletas há um espaço enorme para a galera fazer uma verdadeira farofa, mas ao estilo sueco é claro. O espaço é bom para adultos e crianças. Tem até uma churrasqueira comunitária. Basta chegar e usar.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

  • Ekotemplet: Construído em 1790 era usado pelo rei Gustav III como um local para refeições ao ar livre. Hoje serve de tudo, de gente que para, senta e conversa e até blogueiras que tiram foto para o look do dia. Pois é, eu vi uma delas por lá.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

  • Haga Slott (também conhecido como Pavilhão da Rainha): Foi construído entre 1802 e 1805. Só deu para tirar foto do caminho, pois fotografias são proibidas por ali. O local é todo cercado por seguranças e câmeras de vigilância 24 horas por dia. Na hora nem desconfiei do que se tratava, mas como fiquei com uma pulguinha atrás da orelha, no fim das contas acabei descobrindo. Desde 2010 é a moradia da princesa Victoria e do príncipe Daniel.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

  • Gustav III:s Paviljong (Pavilhão Gustav III): Construído entre 1787 e 1792 era utilizado pelo rei Gustav III muitas vezes como moradia. Foi levantado como um lugar para se refugiar durante os tempos difíceis. Realmente ser rei devia ser bem difícil viu!

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Dá para visitar o interior, mas como na Suécia tem calendário para tudo acabamos perdendo a oportunidade. O pavilhão está aberto ao público de 3a. feira a domingo, mas somente nos meses de junho, julho e agosto. E como fomos em outubro, caímos do cavalo e só ficamos na vontade mesmo.

Outra coisa é que eu acho que fomos no horário errado. Como assim? Explica isso aí Vânia! O que aconteceu é que como chegamos perto do horário do almoço, tivemos a doce ilusão de que faríamos uma pausa para reabastecer a pancinha, de que ficaríamos ali sentadinhos numa mesa ao ar livre curtindo o sol, enquanto jogaríamos uma conversa fora. Pois é, nada disso aconteceu. As cafeterias estavam transbordando de gente. Para se ter uma ideia não dava nem para chegar perto do caixa. Crianças chorando e pais estressados. No fim a missão do fika teve de ser abortada.

O lado bom é que fomos no auge do outono e a paisagem estava prá lá de bonita. E obviamente aproveitei para fazer os meus cliques.

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Pretendo voltar nesse parque, pois ainda quero terminar o meu tour. E isso só não foi possível , porque eu estava com fome e quando estou com fome fico mal-humorada. Então, já viu! Mas aprendi uma lição: da próxima não saio de barriga vazia.

Vale a pena visitar:

Hagaparken – 16970 – Solna

Aberto: todos os dias com exceção do Pavilhão Gustav III.

Como chegar

Ônibus linha 70 ou 515 no sentido de Odenplan para Haga Norra. Para saber como se locomover pela cidade visite o site SL.

Dicas

  • se decidir visitar o parque perto do horário do almoço esteja preparado para encarar longas filas (pelo menos nas estações da Primavera, Verão e Outono).
  • se for Verão não se acanhe em se esparramar pelo gramado e fique à vontade para levar seu lanchinho de casa e fazer um delicioso piquenique, afinal isso não é considerado “fazer farofa” por essas bandas. Mas lembre-se de jogar no local apropriado. Afinal lixo é no lixo!

Hagaparken: um dos parques mais amados de Estocolmo

Vi ses… hej då! 😉

36 pensamentos

  1. Cada post lido, mais vontade de voltar na Suécia. 🙂 Mais um na minha listinha…. hahahaha E parabéns pelas fotos, lindas!!! 🙂

  2. Nossa Vânia, vc tá aproveitando mesmo o outono, hein? Nem consegui sair direito nesse outono com tantas correrias, mas aí, assim como na Suíça, o outono tá bem lindo mesmo, hein?
    Suas fotos estão LINDAS!

    Kisu!

    1. Sabe que não consegui aproveitar esse outono como eu gostaria. A mudança de cidade e outras coisas acontecendo ao mesmo tempo acabaram impossibilitando isso. Só consegui aproveitar esse parque mesmo e nada mais. Mas no próximo ano, com certeza tirarei mais fotos.
      Obrigada pelo carinho! 😉
      Puss!

    1. Manoel, esse parque é mega lindo. Pelo menos foi essa a impressão que eu tive agora durante o outono. O bom de morar no hemisfério Norte é poder ver realmente como as estações são de verdade, coisa que no Brasil a gente não consegue, né?
      Agora, posso te contar uma coisa? Tô achando a própria rainha da cocada preta depois desse elogio. Você é um GENTLEMAN! 😉
      Puss!

  3. Oi Vânia! Vim agradecer sua visita em meu blog e conhecer seu espaço. Menina que coisa mais linda! Parabéns e olha, do jeito que gosto de viajar, vou virar visita assídua por aqui. Essa postagem mesmo está uma maravilha! Abraço,

    1. Oi Roseli!
      Não precisa agradecer :-). Eu estava a procura de novos blogs e com assuntos diferentes do meu e aí achei o seu. Gostei bastante.
      Tomara que você venha para cá mesmo e conheça esse país que eu tanto gosto.
      Puss!

  4. Adorei tudo! Já percebi que você adora fotografar e suas fotos são sempre lindas! Adoro conhecer a Suécia com você! São paisagens de encher os olhos de alegria! Um beijo!

    1. Célia! Que surpresa boa você aqui novamente. Gosto muito das suas visitinhas, viu?
      Nossa e como eu gosto de fotografar. É um passatempo tão bom, que faz relaxar e querer me dedicar cada vez mais.
      Muito obrigada pelo carinho.
      Puss!

  5. Vânia Maria de Orleans e Bragança,
    kkkkk… pode puxar minhas orelhas…
    Você tem que começar a vender as tuas fotos, meu DEUS são lindas de viver.
    Digo sempre isto para tu e para a Ana que vcs tiram fotos tão lindas que eu pessoalmente viajo junto com vocês.
    Mais uma vez muito obrigada por me fazer esquecer um pouco da monotonia dos meus atuais dias e conhecer um lugar tão lindo, cheguei a sentir a brisa tocando meus cabelos de tão lindo o teu post está.
    Parabéns!!!
    ahaaaaa também quero escrever PUSS! kkkkk
    kyssar
    Lola

    1. Você sabia que eu me chamo Vânia Maria? Sua bidu… hahaha.
      Vixi, tá longe de eu chegar nesse profissionalismo todo. Eu preciso me dedicar e muito ainda a essa arte, mas confesso que tô me sentindo a tal por você as equiparar com as da Ana… as fotos dela sempre arrasam! E tô começando a achar que eu também (olha a modéstia da pessoa kkkk).
      Lolita Maria, você é querida mesmo. Lembre-se que a gente tá aqui pra te animar, mesmo que seja apenas no virtual, tá?
      Um monte de puss, puss, puss pra você 😉

  6. Oi Vânia!
    Ontem li o post pelo celular e fiquei com preguiça de comentar, mas hoje tou lendo pelo pc e AMEI ver as fotos em tamanho maior! Sabe que já estou morrendo de saudade da Alemanha? Eu gosto mto dessa transição do outono pro inverno, ver todas as árvores ficarem peladas. E é uma pena que não estou curtindo isso esse ano. Quando eu voltar já vai estar nevando no meio da canela. Ah, mas tem coisa mais linda que um passeio no parque, com todas essas cores e um céu azul? Sem dúvidas, são dias assim que mais me agradam! As fotos estão lindas, mas uma em especial chamou mais minha atenção: perfeito esse clique da folha vermelha entre os galhos secos. It’s getting better all the time, better, better, beeeeetter….hehehe (é uma música dos beatles!) hehehe
    Foi um prazer ver essas fotos!
    Puss!
    Ana

    1. Oi Aninha! Ai que delícia de comentário. Me sinto lisonjeada por você ter voltado aqui. Iupi! 😀
      Quer dizer que você está em terras brasileiras no bem bom, né? Desfrutando de sol, calor e o aconchego dos amigos e familiares. Ai, isso é tudo de bom. Em breve serei eu… uhulll!
      Você pode não estar curtindo essa explosão de cores do lado de cá, mas com certeza deve estar aproveitando e muito o lado de lá (aí, né… rs).
      Eu adoro o outono, mas dá para acreditar que quase não tirei foto esse ano? É verdade. Acho que por causa dessa mudança de cidade demorei um pouco para entrar em sintonia. Tenho certeza de no próximo ano eu irei aproveitar bem mais.
      Sabe que essa foto que você mencionou é a minha preferida. Eu estava passando e de repente olhei ela ali sozinha e na hora pensei “poxa, dá uma bonita foto”. E não deu outra, achei que ficou bem legal mesmo. Agora, toda vez que eu olhar essa foto lembrarei dos Beatles… você é a culpada kkkk.
      Tô com saudades de ver suas fotos, viu?!
      Puss!

  7. Fotos maravilhosas, Vânia!
    Você tem um dom pra captar seus momentos, eu me senti aí dando uma voltinha também!
    Aqui na Alemanha as árvores já estão bem peladinhas!
    Que bom que aí a paisagem ainda está tão linda!
    Beijos

    Pam

    1. Oi Panela!
      Então, eu visitei esse parque no início de outubro e as árvores estavam assim bem amarelas. Mas agora já estão todas peladinhas tb rs. Sabe, eu adoro tirar foto. Funciona como uma terapia para mim. É justamente por causa das fotos que surgem os posts. 😀
      Obrigada pelo carinho!
      Puss!

      1. Eu também tô descobrindo uma paixão por fotografia, mas tenho que comprar uma câmera melhorzinha, porque a minha tá quase morrendo de tão velhinha!
        Suas fotos sempre me deixam maravilhadas, dá pra sentir que você tem uma sensibilidade bem apurada!

        Tô adorando acompanhar o seu diário!
        Beijos

    1. Com certeza Chris! Não me arrependi nenhum pouquinho de ter conhecido o parque nessa estação, mesmo estando com fome. Só fiquei chateada depois comigo mesma por causa do mau-humor, pois deixei de tirar fotos de alguns lugares que eu queria muito. Mas voltarei lá, ah se voltarei rs.
      Puss!

  8. Ai, adorei as belas paisagens!
    Mas um lugar que não nos dá condições de uma “boquinha” é complicado… eu tbm sou do tipo que fica estressada com fome, e aí não consigo aproveitar mais nada!

    beijo!

    1. Olivia, por essas bandas o outono é realmente de verdade. Difícil é não se encantar, né? Eu acho que não tive muita sorte nesse dia, porque todos os lugares para se comer estavam cheios. Acho que dessa vez o culpado foi o sol, que fez com que todo mundo saísse de casa, lotassem os parques e tivem a brilhante ideia de tomar um café… Detalhe: todos ao mesmo tempo. Mas valeu a experiência! Com certeza da próxima vez estarei mais preparada.
      Puss!

    1. Paulinha, muito obrigada pelo carinho. Num primeiro momento achei que algumas fotos estavam meio sem graça, mas depois até que gostei do resultado no post, viu :-).

      Por enquanto as temperaturas por aqui estão até razoáveis. Durante o dia tem feito entre 10 e 14 graus. Até chego a achar quentinho rs. Agora à noite dá uma esfriada, mas nada de especial, coisa entre 3 e 5 graus. Dependendo do dia a temperatura fica mais baixa, principalmente de madrugada, onde chega a ser negativa e criar gelo. Tenho ouvido falar que esse inverno será rigoroso… tô até curiosa para ver! 😀

      Puss!

      1. Menina, também ouvi dizer que o inverno aí esse ano seria um dos mais frios dos últimos tempos. Será? Eu tava planejando ir pra Irlanda em dezembro, mas muitíssimo infelizmente não creio que vou mais… De todas as formas, parece que ainda não tá esse frio todo. No Canadá já começou a nevar.

        Beijo

  9. Mais um post maravilhoso e com fotos idem, Vânia! Adorei!
    Acredita que todo esse tempo morando por aqui, ainda não conheço o Haga? Preciso criar vergonha na cara e pelo menos no próximo verão me aventurar por lá! Agora deu ainda mais vontade de conhecer depois de ler o post. E que cores lindas de Outono! ❤

    1. Aryadne!
      Você tem de ir lá, porque o parque é bem bonito e tenho certeza de que você irá gostar. Fora isso, tem bastante espaço para o Charlie correr e brincar rs. E se tiver oportunidade aproveite o outono também, pois dá para tirar fotos lindas lá. Aliás eu adoro suas fotos também viu mocinha! 😉
      Super obrigada pelo carinho. Puss!

Faça a teimosa feliz. Comente!