Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

No ano passado, ainda quando morava em Gotemburgo, eu fui a um dos Mercados de Natal mais badalados da cidade, que fica dentro do Liseberg.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Para quem tá comigo aqui no diário há algum tempo, sabe que eu frequentei bastante esse parque, não apenas pela diversão dos brinquedos, mas como também pelos shows e eventos realizados por lá. E fiz vários posts sobre o tal. Quer saber o que o Liseberg tem? É só clicar no link Liseberg: o parque de diversões de Gotemburgo e matar toda a sua curiosidade.

Como eu morava perto do parque, o deslocamento até lá era fácil. Fosse de transporte público, bicicleta ou uma bela de uma caminhada.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mas o que há de tão interessante nesse mercado? Para falar bem a verdade não há nada assim de tão especial. Mas o que acontece é que por se tratar de uma cidade menor que Estocolmo, praticamente algumas atrações acabam se concentrando no parque. Há mercados bem menores espalhados pela cidade, mas sem dúvida o Liseberg é a “menina dos olhos” nessa época natalina.

Assim que o parque reabre em meados de novembro, a galera corre para lá. Não importa se esteja frio, chovendo ou nevando, porque o público quer mais é participar. Brinca, se diverte e come. Entre as barraquinhas há doces caseiros, amêndoas torradas, chocolate quente, glögg (uma espécie de vinho quente com especiarias e uva passa), sopas e o exótico kebab de rena (que por sinal não tenho coragem de comer, porque tenho dó dos bichinhos).

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Além das barracas totalmente suecas, as lojas do parque recebem uma cara nova. Objetos de decoração, guirlandas, velas, entre muitas outras coisas estão disponíveis a quem quer e pode gastar algumas coroas suecas. Além de poder levar uma bugiganga para casa, ainda dá para aproveitar a oportunidade para comprar algum presentinho para amigos e familiares.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Eu disse que tenho dó de comer a carne de rena, não? Mas também me corta o coração vê-las assim em “exposição”. Não pelo fato de fazer frio, mas sim por ficarem com essa luz na cara delas até o fechamento do parque que acontece por volta das 23 horas.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

O que me surpreendeu esse ano foi uma notícia no jornal local da cidade. Durante a abertura do parque para o mercado de Natal, uma rena caiu na água gelada e o criador que deveria ajudá-la, simplesmente ficou sentado olhando. Ao que tudo indica a coitada ficou nadando por 10 minutos, sem conseguir sair da água, até vir uma equipe para resgatá-la. Um dos visitantes que presenciou essa cena ficou chocado com a situação e disse ao jornal que a postura do criador foi um ato de crueldade. Judiação isso, né!

Mas tem coisa boa que acontece por lá também, como os shows de mágica ao ar livre que mesmo em temperaturas congelantes o público fica para prestigiar.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Bem como o tão esperado show de patinação com os coelhos (símbolo do parque) e os patinadores lindos de morrer.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Para aguentar esse frio, em alguns lugares do parque estão espalhados aquecedores para as mãos e uma fogueira para ajudar a dar aquela esquentada ou até mesmo para assar um marshmallow.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

O parque fica bem bonito e tem uma paisagem bem diferente da que se vê durante o verão. Tem presépio, tem luzes e neve na decoração.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

E tem espaço para acender velinhas como esse aqui que diz “Acenda uma vela para alguém de sua proximidade”.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

O Liseberg esteve tão presente na minha vida em Gotemburgo, que se bobear até conheço o pessoal que trabalha lá. Mas tenho certeza que um dia ainda terei a oportunidade de revisitá-lo, até porque o bom filho à casa torna.

Mercado Tradicional de Natal no Liseberg

Saiba que se você estiver passeando pela cidade nessa época do ano o Liseberg é uma boa pedida.

Liseberg

Örgrytevägen 5 – Göteborg

Vi ses… hej då! 😉

20 thoughts

    1. Eu sei que não é todo mundo que goste de parque de diversões, mas esse lugar merece ser visitado, principalmente agora no Natal, porque é muito bonita a decoração. Espero que você tenha conseguido ir em algum mercado por aí. 😉
      Puss!

  1. Gente, kebab de rena? Será que todo país come seus bichos fofinhos? Já fiquei chocada ao saber que na Austrália comem canguru, agora rena doeu no coração (me acho super hipócrita por isso, afinal vaca, porco e galinha são bichinhos também, né? Mas tenho dó mesmo, também não comeria). Fora isso, muito linda a feira! Eu adoro Natal… e curti a nevezinha caindo no teu blog também (;

    1. Isso mesmo Carol, kebab de rena! Na Suécia parece que eles comem esse tipo de carne de caça meio para manter o controle ambiental (oi?), mas não tenho conhecimento suficiente para falar disso. Apesar de morrer de dó, também sou um pouco hipócrita, porque ainda não consegui abrir mão de comer essas carnes que você citou. 🙁

      Ver as barracas (que na verdade são casas) e todas as luzes acesas na feira dentro desse parque realmente é bem bonito. E pelo que andei pesquisando a decoração para esse ano continua a mesma. 🙂

      Obrigada pela visitinha aqui no meu diário! 😀

      Puss!

  2. Ahhh que vontade de voltar agora pro frio e curtir tudo isso! Eu adoro essa época do ano na Alemanha. No brasil eu nunca gostei, acho que por isso esse ano não to no clima. Todos os anos que passei na Alemanha, eu fiz boneco de neve, comi castanhas assadas nas feirinhas, tomei vinho quente, comi as delícias alemãs que só se encontra na época. Que saudade, Vânia de Deus! ehehehe
    E essa de comer carne de rena???! Com as bichinhas podendo ser vistas por todos?! Achei o fim da picada. Nossa, esse é um hábito horrendo, na minha opinião. Olha, cada vez que leio teus posts fico com mais vontade ainda de ir aí. Já te disse que meu esposo é louco por esse país? Acho que devo ter dito em algum comentário que fiz. Então, ele é fascinado pela cultura, sabe falar um pouco da língua e tá sempre falando do tempo em que foi visitar o país. Pretendemos ir, talvez até no próximo ano. Quem sabe eu conheço vc!!! 🙂
    Quando está vindo pra pátria amada? Continue curtindo o frio por mim, porque aqui só tem calor e mosquitos! hehehe
    Puss
    Ana

    1. Aninha!
      Pra mim Natal combina com neve e não com o calor insuportável que faz no Brasil. E olha que eu adoro o calor, hein? Agora a data em si eu nunca gostei muito. Sei lá, pra mim é um dia de muitas reflexões pessoais e às vezes de decepção também. Mas como esse ano será o primeiro que passarei desse lado do oceano, estou super empolgada com o dia e para ver como as coisas são por aqui. E é claro que estou na torcida desde já para que neve novamente, já que ela foi embora (uma lágrima escorre nesse momento kkk). Pelo jeito a Alemanha deve tem coisas gostosas para comer, né? Aqui eu diria que é mais ou menos.

      Eu também morro de dó de comer a carne desses bichinhos e me parte o coração de saber que tem gente que caça, come ou a vende. Acho que tenho aquela imagem do bambi da Walt Disney, sei lá.

      Fique com vontade e venha para a Suécia, porque o país é lindo. No verão então… huuuuummmm… é maravilhoso! Tenho certeza de que irá gostar, porque tem bastante coisa para se fazer, principalmente em Estocolmo.

      Não sabia que seu marido gosta daqui. Super novidade para mim! Ouvi dizer que suecos e alemães aprendem rapidamente o idioma um do outro. Fiz sueco com uma alemã e era impressionante a rapidez que ela dominou o sueco (diferente de mim kkkk).

      Espero que vocês venham mesmo e traga todas as suas lentes, pois você fará fotos incríveis. E se a sua agenda não estiver tão apertada eu quero te conhecer. Pronto, falei! 😀 😀 😀

      Eu estou indo para a terrinha em janeiro. Você volta quando?

      Puss!

  3. Vânia, eu sou uma pessoa natalina! Adoro esta época do ano, ainda mais com o clima frio que faz por aqui! Amo os mercadinhos de natal também. Esse daí é bem grande e bem mais elaborado do que os mercados suíços. Mas eu adoro mesmo os mercados de natal alemães. Que coisa linda :-). Adorei as fotos! Bjs

    1. Sandrinha!
      Se você gosta do Natal, imagino como deve estar a decoração da sua casa… IMPECÁVEL! Mas fala a verdade, Natal combina muito mais com neve do que com calor de 40 graus, né? Eu estou aqui na torcida para que neve no dia de Natal, pois esse será o primeiro ano que passarei as festas por aqui. Dedinhos cruzados desde já!
      Eu também super curto os mercados de Natal. Em Estocolmo tenho ido no de Gamla Stan (Cidade Velha), mas percebi que não há tantas coisas para comer, pois é mais voltado para as quinquilharias mesmo.
      Muito obrigada pelo carinho.
      Puss!

  4. Vânia, adorei a sua importante reportagem. Adoro ler essas suas postagens porque me sinto andando com você e você mostrando as coisas e contando as histórias. A minha imaginação até vê você cumprimentar o pessoal conhecido. Tudo maravilhoso e as fotos então…estão lindas. Sinto que você gostava de morar lá, não é mesmo?
    Uma coisa importante e que não posso me esquecer é o que causa um toque especial na decoração de tudo o que aparece nas fotos. É a sua presença. Até nossa querida Paulinha reparou nisso. Não se envergonhe não. Se você está velha, bom sinal porque só não fica velho quem morre jovem. Então prefiro ve-la linda e “velha” assim.
    Um beijo carinhoso,
    Manô

    1. Manoel, você falando desse jeito vou me sentir a própria jornalista haha. Mas tenho que contar que morro de vontade de fazer outra faculdade e encarar um curso de jornalismo, mas não quero em sueco. Ainda prefiro o nosso lindo português!
      Eu gostava de morar em Gotemburgo, pois foi a primeira cidade que morei na Suécia. Além disso, eu tive toda a questão da adaptação que não foi fácil no primeiro ano. Mas olha só, tô aqui agora em Estocolmo 🙂
      Você é o mais, mais, mais, mais, mais, mais, mais, mais, mais, mais, mais, mais, mais querido do universo. Estou me sentindo agora a própria Gisele Bündchen nas fotos ou que tal uma Demi Moore? :). Tá vendo como você arranca vários sorrisos meus e faz o meu dia bem melhor? Você hein, vou te contar!
      Puss de uma velhinha kkk

  5. Morri de vontade de visitar a Suécia agora. Que lugar lindo. Babei em cada foto. E é até meio romântica essa decoração de natal, né? Me vi nesse lugar. Ah e adoro quando vc sai em uma das fotos. Rs,=.

    beijo

    1. Tá convidadíssima Paulinha a vir para a Suécia!
      Não é todo mundo que tem atração por parques de diversão, mas esse aqui ó conquistou o meu coração. E o melhor é que ficava a apenas alguns minutos de casa. Por causa disso, eu batia o cartão lá direto e até cartão anual do parque eu tinha hehe.
      Falando sério, quando quiser vir para a Suécia me avise pra gente fazer um tour e até planejar uma viagem para Gotembrgo. Dá para ir num dia e voltar no outro e assim aproveitar o máximo que a cada oferece!
      Ah, sua linda obrigada pelo carinho. Quase não tenho postado foto minha no blog, né? No começo eu até fazia isso, mas acho que agora tenho ficado com mais vergonha. Acho que é a idade! rs
      Puss!

      1. Vaninha, a Suécia mais que nunca está nos meus planos. To tentando ajeitar a vida aqui e assim que der me mando pra Europa (a passei ou for good). Daí marcamos com toda certeza. E Gotemburgo é sua paixão, né? Rs. Não dá nem pra disfarçar hehe. Mas eu acho mesmo é que deveríamos algum dia ir no Canadá. Aiiii já é coisa pra beeem mais longe, mas não é impossível. Que tal?

        1. Paulinha, isso mesmo… se planeje e se ajeite porque tudo irá acontecer no seu devido tempo. 🙂
          Agora o Canadá, hum, você tocou numa paixão antiga. Vamos esquecer Gotemburgo, Estocolmo e a Suécia toda porque Canadá é prioridade total hehe. Eu super topo, mas quem precisa se ajeitar agora sou eu hehe.
          Puss!

  6. Parabéns! Fotos mto bem tiradas, q dá vontade de entrar na cena.
    Realmente, parece q num cenário assim o Natal, não sei bem o pq, é mais Natal.
    O acender uma vela para alguém, é gratuito?
    Estou fascinada com todos estes posts sobre o Natal na Suécia. Mais um, mais um, mais um….! 🙂

    1. Oi Silvana!
      Muito obrigada pelo carinho. Achei que seria um desperdício deixar as fotos guardadas, mesmo sendo da decoração do ano passado. 🙂
      Nesse parque era gratuito sim acender a vela, mas se você quisesse contribuir com alguma quantia era válido também.
      Fico feliz que você esteja gostando dos posts. Já estou para fazer isso há algum tempo, mas somente esse ano é que estou conseguindo me organizar e compartilhar um pouco da cultura natalina do país. E pode esperar que virão mais posts! 😉
      Puss!

  7. Adorei as fotos Vanoca =), estavam realmente incríveis ,parabéns!! ,
    e quanto as renas , coitadinhas , eu sou como você , eu não tenho coragem de comer carne desses adoráveis bichinhos , na verdade eu não tenho coragem nem de comer a carne de vaca … Fiquei encantada com a decoração do Liseberg =)
    Boas festas de natal para você(s) na pequena grande Terra dos #Vikings 😉
    God jul, puss och kram !! ;*

    1. Obrigada Livia!
      Eu achei que algumas fotos deveriam ser mesmo compartilhadas do Liseberg, pois apesar de ser um parque de diversões ele sempre me encantou.
      Boas festas pra vc também e pra toda a sua família.
      Puss!

    1. Se eu te falar que nunca fui fã de Natal, você acredita? Mas não sei o que está acontecendo comigo, pois esse é o primeiro ano que realmente estou curtindo a data. Talvez seja a mudança de país e porque passar o dia 25 com neve terá cara de Natal mesmo. Portanto, vamos aproveitar onde quer que a gente esteja. 😉
      Puss!

Faça a teimosa feliz. Comente!