Teatro de Improvisação no Dia dos Namorados na Suécia

Como no ano passado eu contei um pouco sobre como é o Dia dos Namorados na Suécia, dessa vez eu não falarei, de novo, sobre como os suecos encaram essa data e nem o que vi por Estocolmo, mas sim como resolvi comemorar o Valentine’s Day de uma forma diferente em terras nórdicas. E essa comemoração foi indo ao teatro com uma boa dose de diversão.

IMG_2568

Resolvi fazer uma surpresa para o maridão, meu eterno namorado, levando-o a um teatro de improvisação para assistir a peça Lost in Translation. Basicamente é um show de comédia improvisada sobre a experiência de se viver na Suécia como um estrangeiro.

Apenas quatro atores participam de todo o improviso e uma tecladista dá um toque a mais ao espetáculo. Na plateia há pessoas de diversas partes do mundo, cada uma com o seu idioma, sua cultura e suas manias. E nesse dia, os únicos brasileiros éramos nós, representando o verde e amarelo com muito orgulho.

Posso dizer que ri do início ao fim. O grupo expõe as diferenças culturais de uma forma engraçada que é impossível não se reconhecer em certas situações. Lembra do texto o modo “lagom” de ser, que escrevi a um tempinhos atrás? Então, eles colocaram de um jeito tão divertido como os suecos se relacionam, que não consegui segurar as gargalhadas. Situações de quando se é apresentado a um sueco e de como se comportar: se abraça, beija ou dá um aperto de mão. Do comportamento durante o ritual sagrado do fika. Da rivalidade com os vizinhos Finlândia e Noruega. Eles tiram muito sarro do jeito “meio bicho do mato de ser dos suecos”. Enfim, exploram tantos assuntos, que agora não consigo me recordar de todos os detalhes.

IMG_2569

E como é na base do improviso, o grupo conta com a participação da plateia. Portanto, quanto mais entusiasmada a plateia for, mais criativo o grupo será. E não pense que só os estrangeiros que assistem. Alguns suecos estavam lá participando do espetáculo e rindo de si próprios.

IMG_2570

IMG_2571

Só sei que saímos de lá felizes, contentes e com uma baita fome. O único detalhe é que eu não tinha feito reserva em nenhum restaurante, até porque a minha intenção era de voltar para casa e ficar quieta no meu canto. Mas maridão foi me convencendo com sua ladainha, me envolvendo com seu charme quarentão e me seduzindo com seu olhar de pidão. Aí não teve jeito. Acabei caindo no xaveco dele em tentar achar algum lugar disponível e agradável por Estocolmo. E sabe como é, ir num restaurante sem reserva e ainda por cima numa data especial, é ter as chances reduzidas de fechar a noite com chave de ouro. Mesmo assim resolvemos andar sem rumo pela cidade, espiando um restaurante ali e outro acolá. Até que saímos numa rua que oferecia uma opção sem frescura e de bom agrado: o Hard Rock Café. Foi um tiro certeiro, pois conseguimos a última mesa disponível.

Pedi um sanduíche diferente de frango desfiado, com queijo, cebolas empanadas e mais algumas coisas. Maridão foi na mesma onda, com a diferença que a carne era de porco. E o melhor é que conseguimos modificar o prato original, pedindo para não incluir os jalapeños. Bom, né? Não é todo lugar que faz isso, mas gostei de terem aberto uma exceção. E uma das coisas que eu ainda estou me acostumando nesse restaurante é pedir um sanduíche que acompanha um potinho de feijão e outro com repolho, cenoura e frutas picadas. O sabor é diferente e adocicado, mas por incrível que pareça ambos são deliciosos.

IMG_2572

E ainda como um gesto de carinho ganhamos um saquinho com jujubas de morango em formato de coração, como aquelas que citei no post Dia dos Namorados.

IMG_2573

Não resisti à tamanha fofura, que precisei registrar a minha graça também. Pena que esqueci de colocar no meu Instagram pessoal.

IMG_2574

Encerramos a noite no aconchego de nossa casa, assistindo a bom filme, abraçadinhos e agarradinhos como nos velhos tempos de sempre. Afinal não importa o lugar ou o tipo de comemoração, pois a companhia é que faz toda a diferença.

Dicas

Para quem mora ou está de passagem por Estocolmo recomendo essa diversão. O espetáculo é realizado em inglês e tem a duração de mais ou menos duas horas, com um intervalo de 15 minutos. Tem alguns snacks e bebidas para quem quiser comprar dentro do espaço do show. Por enquanto, as apresentações são realizadas somente às 6as. feiras e ficará em cartaz até meados de maio. Mas fique esperto com os seguintes detalhes:

1) Para assistir à peça precisa fazer reserva antecipada através do site da Improco nesse link aqui e aguardar a confirmação via e-mail do dia escolhido por você.

2) O ingresso custa 200,00 coroas (por volta de R$ 70,00) por adulto. O pagamento deve ser feito em dinheiro no ato da entrada, pois seu nome será confirmado numa lista. E não adianta dar uma de João sem braço e dizer que fez a reserva, quando na verdade não fez ou querer pagar com cartão, euro, balinha, troca de serviço e etc., pois não será aceito. Vá prevenido(a)!

IMG_2575

3) Há um aviso para chegar com 15 minutos de antecedência ao início do espetáculo. Seja esperto e chegue meia hora antes. O espaço é pequeno e quando a galera chega já começa aquele “vuco vuco”. As cadeiras começam a ser reservadas para os amigos que estão para chegar. Se você seguir isso ainda poderá descolar uma mesinha para ficar mais confortável na lateral do palco e com bom campo de visão.

IMG_2576

4) Assim que termina o show os atores ficam na porta se despedindo dos expectadores e entregam uma entrada grátis para você voltar na próxima vez com um acompanhante pagante. Isso porque, os espetáculos nunca são os mesmos e ainda te dá a oportunidade de se divertir mais uma vez.

IMG_2577

Mais detalhes sobre o grupo você encontra no http://lostintranslationimprov.com/.

Improvisation & Co

Hagagatan 48

11347 – Stockholm

Vi ses… hej då! 😉

22 pensamentos

  1. Eu adoro teatro. Quando em morava em SP ia mais, aqui só fui uma vez :-(, até porque na época não entendia tanto do dialeto suíço como agora (que não entendo tudo, mas já entendo bem mais, rs…). Preciso voltar a me atualizar!!
    Vcs tiveram uma comemoração bem diferente mesmo. Com certeza o dia será lembrado sempre! Bjs

    1. Gosto bastante de teatro também, mas confesso que nunca fui uma frequentadora assídua nem em SP e nem aqui. Que vergonha, né? Mas estou tentando mudar um pouco isso, já que aqui o preço é mais acessível.

      Posso dizer que adorei a nossa comemoração em todos os sentidos. 😉

      Puss!

    1. Eu procuro ficar atenta aos avisos proibindo o uso de máquinas e celulares para não pagar mico. Mas nesse teatro não tinha nenhum. Então, mandei bala!
      Essas balinhas além de fofas são deliciosas também.
      Puss!

  2. Estive em uma peça parecida por aqui e também ri bastante, ainda mais de lembrar como é difícil no início para se comunicar.
    e, como vc disse, não tem hora nem lugar pra comemorar o amor, né?
    bjs!

    1. Essas peças de improviso valem a pena mesmo, né, porque é diversão garantida. Acho que irei voltar no próximo mês para conferir outra peça que está em cartaz no mesmo local. Só espero que seja tão boa quanto essa e mesmo que não seja estarei novamente em boa companhia.;-)
      Puss!

  3. Que máximo! Eu gosto tanto de teatro e aqui na Holanda quase não vou, ou melhor, não vou! rs Gente, parece ser muito bom mesmo. Acho muito legal peças neste formato dinâmico. Fica todo mundo atento e curtindo. Hummm o prato no restaurante realmente pareceu muito bom! rs

    1. Confesso que raramente vou ao teatro, mas procuro ficar atenta às peças que estão em cartaz pela cidade. Agora, teatro de improvisação essa foi a primeira vez que fui. Gostei tanto que pretendo repetir a dose. Nos divertimos horrores e ainda fechamos a noite de uma forma especial. Se tiver um parecido na sua cidade, não perca a oportunidade, hein? 😉
      Puss!

  4. Vanoca linda, só você pra me fazer rir. Fiquei com muita vontade de assistir a essa peça. Parece ser muito interessante e engraçada. E esse lanche me deixou com fome. Malvadeza…
    Olho pidão foi a melhor parte rsrs.

    Beijinhoooo

    1. Paulete Bolete linda do meu coração! Esse ano nossa comemoração foi diferente e especial e acho que tivemos uma sorte danada de ter conseguido a última mesa disponível. Só pode ser, “tava” escrito nas estrelas hehe. 😉
      Puss!

    1. Tem preço especial sim tanto para estudantes quanto para aposentados. Se puder vá conferir, porque vale a pena, principalmente a primeira parte da improvisação que você morre de dar risada. 😉
      Puss!

  5. Que gracinha Vanoca *-*
    Teatro+ Dia dos Namorados = uma super combinação.
    Caramba! se eles são mesmo “bicho do mato”, então eu acho que nasci no país completamente errado kk (quanto ao modo de pensar dos suecos, me acho bem parecida, mas com uma boa parte de mim brasileira, é claro ! 😉 ). Que sorte hein flor, conseguir uma reserva no Hard Rock ainda mais nesses dias de comemorações, bem quando tudo fica lotado..!

    Puss puss och kram ! 😉

    1. Lindinha!
      Você também é um bicho do mato? Mais uma que deveria estar morando por aqui então. 😀
      Nossa comemoração foi divertida e eu adorei passar o Valentine’s Day desse jeito. Tudo foi perfeito: o teatro, as risadas, a comida e o encerramento da noite.
      Puss!

    1. Que bom que você gostou! Essa foi a primeira vez que fui a um teatro de improvisação e adorei. Foi um programa bem diferente e engraçado para uma sexta-feira de Dia dos Namorados.
      Puss!

  6. Oi Vânia,
    Deve ter sido mesmo divertido.
    Eu ri mto qdo vc falou do “bicho do mato”. Acho q aqui em casa nascemos no país errado, devíamos ter nascido na Suécia. hahahahahahaha….
    Na hora de pagar só em coroas suecas, tb faz parte do tema da peça de teatro ? 🙂
    Obrigada por ter trazido este momento.
    bjs

    1. Sil, eu super recomendo essa peça para quem está pela cidade porque é bem divertida mesmo.
      Agora, você também é bicho do mato? Hahaha! Dessa eu não sabia!
      Você acredita, que no dia em fomos várias pessoas estavam tentando pagar com cartão e euro? Isso porque todos receberam um aviso previamente de que não seria aceito… vai entender! 🙂
      Puss!

  7. Ah, deve ser um barato essa peça! Realmente o que faz um dia ser especial, é a companhia! O nosso dia foi bem simples, nem saímos de casa, mas foi super divertido também. Quando a gente tem A companhia, não precisamos de muito pra ter momentos agradáveis e inesquecíveis! Adorei as fotos das jujubas! Super lindinhas!
    um beijão!

    1. E a peça é mesmo Aninha. Eu queria fazer uma coisa diferente esse ano com meu maridão, já que em 2013 não fizemos nada, devido às mudanças que estavam ocorrendo em nossas vidas e nem estávamos com cabeça para isso.

      O seu dia deve ter sido uma delícia também, afinal os melhores momentos estão nas coisas simples da vida.

      Puss!

Faça a teimosa feliz. Comente!