Cordeiro de Páscoa na Suécia

O cordeiro pascal é mencionado no Livro do Êxodo e as pessoas sempre foram felizes por deixá-lo permanecer nesse cenário do Velho Testamento.

Agora, isso só acontece quando as ovelhas nativas da Suécia não estão devidamente preparadas para serem abatidas e servidas durante os jantares de Páscoa.

IMG_2364

A desculpa para a introdução tardia do cordeiro no cardápio da Páscoa sueca deve ser vista como um resultado da modernidade. Sim, a modernização! Por causa dos avanços das técnicas de congelamento e da melhoria para transportar os produtos frescos de um lado para o outro, a limitação do consumo por esse tipo de carne acabou.

E é graças aos criadores de ovelhas da Nova Zelândia, entre outros, que os suecos podem agradecer, pois foi por causa deles é que o desejo de saborear o cordeiro se concretizou.

A carne se tornou a queridinha na mesa de Páscoa por volta de 1900. Além do tradicional cordeiro com batata e aspargos, outro prato que se tornou mais comum no cardápio de Páscoa é a perna de cordeiro com alho e geleia de menta.

IMG_2363

Olha, confesso que nunca experimentei cordeiro e lá no fundo acho que não tenho coragem. Não pelo sabor diferente, mas porque fico com dó dos bichinhos.

Vi ses… hej då! 😉

10 thoughts

  1. Interessante! mas eu também não comeria Vanoca, coitadinho dos bichinhos … Eu não sou fan é de carne nenhuma, por dó dos bichinhos..
    Ps: O Diário está cada vez mais incrível , parabéns flor ! 😉

    Puss puss !!

    1. Então, eu até fiquei com vontade de experimentar e pela cara a carne parece ser bastante saborosa. Mas o problema é que tudo que tem cara de bichinho bonitinho, me falta coragem. Não que as vaquinhas não sejam bonitinhas. Elas são também e por isso estou pensando seriamente em me tornar vegetariana ou pelo menos reduzir a quantidade de carne que como.
      Obrigada pelo carinho! Adoro seus comentários e suas visitinhas aqui no blog. 😉
      Puss!

  2. Oi Vânia,
    Com geleia de menta nunca provei. Parece-me ser exótico, mas agradáve, pois como acho a carne do borrego um pouco enjoativa, então a menta deve quebrar esse sabor.
    Bjs

  3. Oi Vania, estou adorando as historias da Páscoa, agora faz muito sentido esta galinhada toda em todo lugar por aqui.rsrsrs. Confesso que sobre a carne de cordeiro ser tradição não sabia e vou dizer eh bem gostosa! Experimentamos na Australia, pois la eh muito comum comer esta carne, como no Brasil temos as vacas e gostei! 😉 Bjs

    1. Olá Paula seja muito bem vinda!
      Que bom que você está gostando das histórias. Olha, confesso que não é fácil reunir todas essas informações, mas tenho aprendido muito nos últimos tempos. Esse especial de Páscoa está me ajudando a conhecer mais sobre a cultura, assim como também está ajudando a matar a curiosidade alheia hehe.
      Agora a carne de cordeiro só comendo mesmo para dizer se é gostosa. E tenho a impressão de que na Austrália deve ser uma delícia! Ainda não provei, mas quem sabe um dia?! A gente nunca pode se fechar para as novidades que aparecem à nossa frente, né?! 😉
      Puss!

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s