Östermalms Saluhall: um dos melhores salões de alimentos do mundo

De vez em quando bate aquela vontade de fazer em casa um sashimi bem gostoso e fresquinho de salmão e quando isso acontece já tenho o lugar certo de comprá-lo. Eu corro para o Östermalms Saluhall.

Östermalms Saluhall é um mercado municipal localizado em Östermalm, um dos bairros mais chiques de Estocolmo. Esse mercado foi construído em novembro de 1888, bem ao estilo delicatessen, com um design neo-gótico de tijolos bem vermelhos. Há mais de um século esse tipo de construção era extremamente avançada e progressiva para o seu tempo.

E dá para ver claramente a misturinha que há em toda essa construção. Na parte externa parece um simples castelo medieval com torres quase que invisíveis, enquanto que na parte interna as estruturas utilizadas para sustentação foram inspiradas na Torre Eiffel de Gustave, quando ainda ela nem estava finalizada.

O mercado é tão queridinho na terra dos vikings que o edifício é considerado atualmente como um monumento histórico, arquitetônico, cultural e tem a total proteção da cidade.

O espaço conta atualmente com 18 estabelecimentos e muitos deles passados de geração para geração. Os principais frequentadores são chefes de cozinha, pessoas finas, elegantes e sinceras. E pobres mortais como eu também que entram ali na fila em pé de igualdade para disputar os melhores produtos da área.

O lugar é bem famoso, viu? Pois até quando o ilustre James Oliver está na cidade bate o cartão por esses corredores. Pensou estar andando por ali como quem não quer nada e dar de cara com uma figura internacional. Muito chique, né?

Em termos de espaço e variedade nada se compara ao “Mercado Municipal de São Paulo”. Mas posso afirmar que com apenas 3.000m² o mercado de Estocolmo não deixa nada a desejar. Além de fazer parte da história da cidade, ainda oferece ingredientes de alta qualidade, tem um ambiente acolhedor e atrai moradores e turistas como ninguém. Dá para se inspirar tranquilamente com os ingredientes e quem sabe até se divertir com as opções de restaurantes que nele há.

Uma amiga sueca muito querida me indicou o Tysta Mari para se degustar um delicioso sanduíche de camarão. Mas como meu objetivo era fazer o sashimi acabei pulando essa parte. Porém, não pude resistir a experimentar uma sobremesa sueca chamada Princesstårta.

Esse ano em comemoração aos seus 125 anos a cidade irá dar início a revitalização do edifício. Pelas fotos que andei vendo a nova versão inclui um mezanino e uma área mais moderninha, mas sem perder o charme que acompanha as instalações de todos esses anos. Ao que tudo indica a previsão de término está para 2017 e eu farei questão de conferir de pertinho o que mudou.

E por que o Östermalms Salulhal é cobiçado por tantas pessoas? Nada mais e nada menos porque a revista “Bon Appétit” de 2007 ranqueou o mercado como o sétimo melhor salão de alimentos do mundo. Queijos, carnes, peixes, frutas, verduras, doces, geleias e mais um montão de coisas podem servir de pura inspiração, seja para olhar ou se deliciar.

É lindo, é gostoso de conhecer e os produtos são de boa qualidade, mas é caro. Não dá para ir todos os finais de semana e se fartar com a variedade de queijos e peixes, pois isso pode implicar em fazer um rombo na conta bancária ao final do mês. Porém, comprar alguma coisa de vez em quando não faz mal a ninguém, não é mesmo?

Caminhar ao redor do edifício também pode ser interessante já que há lojinhas de chás, chocolates, roupas infantis, decoração e perfumaria. Todas de bom gosto, porém, sem aquele precinho camarada. Falei que o bairro é chique? Pois é!

Vale a pena conferir:

Östermalms Saluhall
Website: http://www.ostermalmshallen.se/en/
Endereço: Östermalmstorg – 114 39 – Stockholm (a estação de metrô mais próxima é a Östermalmstorg, na linha vermelha)
Horário de Funcionamento:
2a. a 5a. feira das 09.30 – 18.00
Sexta-feira das 09.30 – 19.00
Sábado das 09.30 – 16.00
Domingo é fechado

Vi ses… hej då! 😉