Aprender o idioma local é essencial

Não é de hoje que os suecos levam o título de melhores falantes de inglês do mundo como segunda língua. E o que acaba acontecendo é que algumas pessoas deduzem, é claro que erroneamente, que na Suécia só se fala inglês. Pode parecer bobagem escrever sobre isso, mas posso dizer com propriedade que não é.

Todos os meses eu recebo contato de uma galera bastante interessada em fazer intercâmbio na Suécia, só que para aprender inglês. Olha, sinceramente, investir tempo e dinheiro para aprender inglês em um país cuja língua oficial é o sueco não faz sentido algum para mim. E de verdade, se você quer investir o seu suado dinheirinho num intercâmbio onde a língua do país seja o inglês, faça isso no país certo, como Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e etc..

Agora, para quem tem domínio do inglês e tem planos de vir para as terras geladas:

É possível viver na Suécia sem falar sueco?

Se sua estadia for por um período curto de tempo a resposta é sim. Os suecos falam bem o idioma e estudam pelo menos seis anos de inglês na escola, o que acaba facilitando a comunicação com quem é expatriado. Você não terá problemas em supermercados, farmácias, hospitais, lojas, restaurantes e etc., bem como os filmes e seriados de televisão são transmitidos na versão original e que geralmente estão em inglês. Até aqui tudo bem e muito tranquilo.

Mas e se o seu caso for para morar por um longo período? Pois bem, a resposta é não. Sei que é chato te trazer lá da “Lua para a Terra”, mas preciso ser sincera. É importante você saber que toda a comunicação oficial, feita por carta, está em sueco. Os panfletos, as revistas, as sinalizações e a maior parte dos comerciais também estão em sueco. Chegará o dia em que você ficará cansado de usar o Google Translate para traduzir tantos comunicados. Ou até mesmo encabulado, sabe, por pedir ajuda àquele seu amigo nativo para explicar mais uma vez a carta que chegou do banco e você não entendeu bulhufas. E se você for a uma festa de suecos então, hein? Você estará rodeado por pessoas que irão falar sueco e não entenderá nada. O assunto ficará mais sério no dia em que você precisar ler sobre leis e entender o funcionamento delas no país, que obviamente estarão em sueco.

O inglês pode te ajudar e muito na Suécia, principalmente no primeiro ano, mas tenha em mente que não fará milagres. Aprender a língua local é muito mais do eu citei anteriormente. É uma questão de facilitar a socialização, entender a cultura, criar possibilidades de se inserir no mercado de trabalho e acima de tudo respeitar o país em que se vive.

img_2467

Há obstáculos para aprender o sueco?

Cada um tem sua maneira de estudar e a sua velocidade de aprendizado, mas viver em uma nova cultura não garante o aprendizado do idioma local. Triste, mas é a realidade. A gente pode até acreditar, de forma errada, que é possível aprender o sueco por osmose só pelo fato de você morar no país e estar inserido na cultura. Puro engano. Quando você de fato muda para a Suécia, é necessário tomar a decisão de realmente falar a língua.

E por quê? Além de toda essa vontade e dedicação em aprender o idioma, você também precisará do envolvimento de outras pessoas. Sim, a participação delas é super importante nesse processo. Aprender noções básicas de sueco é relativamente simples, o que é difícil é você se tornar fluente. O que acontece, na maioria dos casos, é que as pessoas vão te identificar como estrangeiro, devido ao seu sotaque e te responder em inglês. Pronto, todos os seus planos em aprender o sueco num vapt e vupt vão por água abaixo e você acaba vendo suas chances se restringindo cada vez mais para dominar o idioma. Mas é nessas horas que você precisa ser firme e continuar falando em sueco, caso contrário essa fluência ficará mais distante.

img_2466

Então peraí Vânia, não está rolando um conflito de informações? Você está me dizendo que se eu quero morar na Suécia preciso aprender o idioma local, mas ao mesmo tempo quando as pessoas perceberem que sou estrangeiro e que não domino o sueco falarão comigo em inglês? É isso mesmo? Eu digo que sim, é isso mesmo. Uma coisa é você usar o sueco nas coisas simples do dia a dia e alguém te responder em inglês, outra, por exemplo, é você procurar um emprego apenas com inglês e a vaga exigir o domínio do sueco. Deu para entender? Por isso a importância de aprender o idioma.

Mas para deixar claro que se você vem para a Suécia já com contrato assinado e a permissão de trabalho estampada no passaporte o contexto é um pouco diferente. A empresa te contratou pela sua experiência profissional e educacional. Portanto, ela tem consciência de que você não domina o idioma local, mas pode ter certeza que ela te indicará cursos públicos e privados para aprendê-lo.

Aceita um conselho de uma expatriada que mora na Suécia?

Aprender a língua local é apenas o primeiro passo. Fazer bons amigos em um país estrangeiro não é tão simples quanto parece. Eu acho que é muito mais fácil fazer amigos brasileiros, só porque falamos a mesma língua e crescemos em um ambiente social e cultural similar, do que com um sueco.

Fora isso, um dos maiores desafios é você encontrar um emprego com domínio suficiente do idioma para fazer qualquer coisa. Mesmo se você estiver se candidatando para um trabalho mais simples, como de limpeza ou manutenção, precisará ter competência linguística. O que significa dizer que nem sempre dominar o inglês te abrirá as portas para o mercado de trabalho.

E se você está planejando realmente em morar na Suécia ou se já mora APRENDA SUECO, pois dominar a língua é ESSENCIAL, tanto para ser aceito e criar oportunidades pessoais e profissionais, quanto para se sentir menos alienado. Pelo menos assim penso eu.

———-

Esse texto foi publicado originalmente no site Brasileiras pelo Mundo.

Vi ses… hej då! 😉

48 thoughts

  1. Boa tarde!!

    Sou formada em Zootecnia há 4 anos e trabalho em um Frigorífico, na área de custos, administrativo e também financeiro e um pouquinho de fiscal kkk. Estou pensando em me candidatar para uma bolsa de estudos na Suécia no ano que vem. Ainda não falo inglês fluente, mas me dedicarei e muito até o prazo de inscrição para chegar lá. Entretanto, vi que as notas do histórico escolar contam bastante, já li muito a respeito dos requisitos de modo geral. Tenho entrado em tudo que é site e lido muito. Já comecei a correr atrás de alguns itens, inclusive. Mas não encontrei sistema de equivalência de notas. Você poderia me exemplificar como são as notas do ensino médio e graduação? Qual a equivalência com o nosso 0 a 10 daqui? Pois, embora tenha realizado vários estágios, tenha sido boa aluna, fui muito mediana nas minhas notas, pois trabalhava mais que estudava para me manter em outra cidade, receio que isso me elimine.

    Desde já, obrigada!

    1. Olá Marister!
      Você é 1001 utilidades, hein? 😀
      Putz, você me fez uma pergunta que não sei te responder. Não tenho experiência e nem conhecimento de como funciona o sistema e nem a equivalência de notas.
      Estou em contato com uma pessoa que deverá fazer um vídeo sobre isso e passarei suas dúvidas a ela. Assim que for ao ar eu vou aqui pra te avisar, mas acho que poderá levar um tempinho.
      Puss! 😉

  2. Ola Vánia, gostei e estimei bastante as suas declarações de luta e superação na vida. Fiquei bastante comovido com o seu depoimento. Gostava de saber como é que um individuo que domina fluentemente a lingua portuguesa pode passar alguns meses na Suécia? Será possivel? E como?

  3. Oi Vânia, sou fluente em inglês, mas n tenho o diploma e estou aprendendo sueco no livemocha( sei que não é grande coisa), mas ja estou tendo uma noção básica de sueco e queria saber se isso facilita no trabalho ou se apenas com o curso feito lá mesmo? E se precisa ter um diploma ( no caso de inglês) mesmo pra facilitar a conquista da vaga?

    1. Oi Petra!
      Não vou mentir para você, mas suas chances são bem baixas. Falo isso porque ter inglês por aqui não é um diferencial, já que todo mundo domina muito bem o idioma. Você precisa ter um diploma pra pelo menos tentar entrar no mercado de trabalho. Se tendo um já é difícil, imagina sem?! Conheço uma pancada de gente com diploma até de mestrado e que não consegue emprego. O sueco aprendido no livemocha é apenas para te dar uma noção do idioma e não te ajudará a conseguir um emprego. Para conseguir entrar no mercado de trabalho na Suécia você realmente precisa falar o idioma local e isso vai levar pelo menos 1 ano de estudo. Acredite em mim, não é fácil. Sem diploma e sem sueco suas chances são quase nulas. Outra coisa! Sempre quando falo diploma no texto – e aqui no comentário também – estou me referindo a ter uma graduação. Agora, se alguém irá te pedir diploma de inglês, depende da empresa e do que a vaga exige do candidato. Algumas irão exigir certificação e outras não. Desculpe a sinceridade, mas não sou de ficar tampando o sol com a peneira e acho melhor abrir o jogo e falar como as coisas funcionam na Suécia.
      Puss! 😉

  4. Oi Vânia, tudo bem??
    Adorei seu blog!!!! Bom, eu e meu marido estamos procurando um país da Europa para mudar e constituir família. Meu marido tem cidadania italiana, então fica mais fácil…

    Me tira uma dúvida, como vc aprendeu a falar sueco? No Brasil é praticamente impossível encontrar uma escola de idiomas que ensine sueco….

    Beijosss :*

    1. Oi Giselle!
      Sem dúvida facilita já que não há tanta burocracia, mas saiba que não é garantia para conseguir um emprego. Por isso, é importante que vocês se planejem direitinho, tá?!
      Eu aprendi (e ainda continuo aprendendo) aqui na Suécia mesmo através dos cursos oferecidos pelo governo. Não sei de qual cidade você é, mas se caso tenha interesse há uma escola na cidade de São Paulo chamada Millennium Línguas que oferece curso de sueco (http://www.millennium-linguas.com.br/curso_sueco.php). Há alguns cursos online também como o Livemocha, mas ele é somente para iniciantes (http://livemocha.com/pages/languages/learn-swedish/).
      Valeu pelo carinho e pela visita ao meu cantinho. 😉
      Puss!

      1. Oi Vânia, obrigada por responder.
        Você percebe que os imigrantes encontram mais dificuldade em conseguir trabalho aí na Suécia.Como te disse acima, meu marido têm cidadania italiana. Você acha que sentiremos dificuldade em arrumar trabalho? Como está a situação de trabalho aew?

        Beijos e obrigada ❤

        1. Foi como eu mencionei na mensagem anterior. Ter cidadania europeia não te garante um emprego. Na próxima semana (dia 18/02) vou divulgar um texto falando sobre emprego. Acho que você poderá ter uma visibilidade maior de como as coisas funcionam por aqui. Mas saiba desde já que a prioridade de contratação é dos suecos e não do estrangeiro.

  5. Além do mais não tem conduta mais bonita que você se empenhar pra falar línguas de determinados paises, suecos, por exemplo, verem que você poderia muito bem falar inglês com eles, mas não! Você se esforçou e aprendeu a lingua local com mérito. Isso pra mim se chama respeito, admiração. O mesmo digo de gringos que lutam pra falar bem o português, que tem o interesse em aprender. No mais Vânia, seu blog me inspira, aprende muito com você.

    1. Fernando, mais uma vez muito obrigada pelo carinho e por compartilhar sua opinião. São pessoas como você que fazem a diferença não somente aqui no meu singelo bloguinho, mas principalmente no MUNDO! Agora, sou eu que te digo: VOCÊ ME INSPIROU! 😉
      Puss!

  6. Olá! Sempre que posso leio seu blog, e gosto muito da sua visão realista de como são as coisas. Estudo sueco há quase 7 meses junto com outras 7 línguas. Pretendo terminar a faculdade e trabalhar como personal em navios de cruzeiro pela Europa. Uma das coisas que escutei no começo foi: não precisa de todos esses idiomas, o inglês resolve tudo. As pessoas tem esse tipo de mentalidade, que o inglês resolve tudo em todos. Eu me sentiria envergonhado em conversar com um sueco em inglês, acho uma falta de respeito e um total desmerecimento.

    1. Olá Fernando!
      Que bom que você goste do conteúdo. Fico tão emocionada com isso 😀
      Agora, como você consegue estudar 7 línguas ao mesmo tempo? Jesus amado! E eu ainda sofrendo só com o sueco haha. Gostei muito da sua visão e do respeito que se deve ter com um nativo. Aliás, isso serve para qualquer país, né?! 😉

  7. Concordo totalmente Vânia! Eu e meu “sambo brasileiro” vivemos aqui há 9 anos. Ele não deu muita importância para aprender sueco, pois já veio com trabalho e eu que tive que ralar muito até conseguir um emprego e a minha independência aqui. Hj, percebo que apesar da gente viver aqui pelo mesmo período de tempo eu sinto que tenho uma adaptação melhor, entendo as “piadas”, as regras “ocultas”, negociar uma compra e até pechinchar hahaha, além de saber um pouco mais os meus direitos… No início nunca acreditamos que era possível viver mais de 10 anos num país e não falar a língua, hj a gente sabe que é mais comum do que parece. Bjs

    1. Olá Michelle!

      Wow… há bastante tempo que vocês moram por aqui, não?!

      Pois é, a gente precisa aprender o idioma de qualquer jeito. Claro, que o inglês ajuda bastante, principalmente para quem já vem com uma proposta de trabalho. Agora, para quem vem acompanhando seus parceiros é outra história, né? Você falou tudo!!!

      Obrigada por compartilhar um pouquinho da sua experiência. Espero que sirva de exemplo para outras pessoas também.

      Puss! 😉

  8. É, Vânia, é isso mesmo. O inglês quebra um galho por um determinado tempo, mas se você quer se integrar de verdade, tem que conhecer e falar o idioma do país. Aqui na Holanda, não é diferente, ainda mais quando você sai das cidades maiores e turísticas. Outro dia, vi um lance super curioso numa loja: a cliente não falava holandês e as vendedoras lá mandando chamar a fulana que tinha um inglês mais ou menos. Eu fiquei só de butuca, ouvindo hahaha e quase me meti, mesmo com meu inglês enferrujado, teria mais traquejo na negociação hahahaha Aí, lá no fundinho, tive um orgulho de mim mesma por saber falar o idioma, mesmo que ainda não seja tão perfeito! Bjs pra vc.

    1. Eliana, bom ter o seu depoimento aqui sobre a Holanda.
      As pessoas precisam se conscientizar sobre a importância de aprender o idioma local. Se falando já é difícil, imagina sem falar nada.
      E você deve se sentir orgulhosa mesmo… porque eu também, às vezes, me sinto assim. 😉
      Puss!

    1. Oi Leticia!
      Eu tenho alguns posts do ano passado e devo colocá-los lá na página do Facebook. Vou ver mais algumas novidades e tentarei colocar no ar até a próxima semana. 😉
      Super obrigada pela dica!
      Beijos.

  9. Vania,

    gostaria de saber, eu tenho dupla cidadania (italiana) é mais fácil infiltrar na area de trabalho?

    Sou economista e trabalho aqui no brasil na área financeira.

    BASSO

    1. Olá Antonio!
      Mesmo tendo cidadania europeia você precisará se registrar assim que chegar ao país. Como não domino esse assunto, já que o meu caso foi diferente, eu recomendo que você dê uma olhada no site oficial da Migração Sueca e verifique os procedimentos a serem tomados. O link é esse aqui: http://www.migrationsverket.se/English/Private-individuals.html). Porém, preciso ser sincera contigo. Ter cidadania europeia não garante um emprego. A melhor maneira de se mudar para a Suécia e você vindo já com um proposta de trabalho.
      Boa sorte e um forte abraço!

  10. Oi Vânia
    Acabei de descobri o seu blog e estou fissurada aqui lendo tudo. Tenho muito interesse em aprender a língua sueca, mas na minha minuscula cidade isso é impossível. Mas ainda assim, teimosa também como sou, tento com alguns livros e afins….a pronúncia é o mais complicado e para isso nada melhor que está no meio dos falantes da língua. Talvez você saiba me informar se existe algum tipo de intercâmbio de uns 3 meses, ^(sei que em três meses mal vou ser alfabetizada em sueco rsrsrsr) Mas ainda assim gostaria de tentar. No mais…adorei seu blog e vou seguir!!!!
    Puss!

    1. Olá Renata, seja bem vinda!
      Para o seu caso existem algumas escolas privadas que oferecem o curso de sueco. Esse curso te dará apenas um direcionamento na língua, mas não a tornará fluente de jeito maneira rs. Dá uma olhadinha no site da Folkuniversitetet http://www.folkuniversitetet.se/ (tem opção para pesquisa em inglês) que acho que pode te ajudar.
      Obrigada pela visita e pelo carinho! 😉
      Puss!

    1. Olá Clóvis!
      Eu assisti e a Suécia é realmente linda, especialmente no verão. Mas percebi que o programa foi meio superficial. Achei que ficou faltando falar sobre a atual crise política que o país está passando. Mas quem sabe numa próxima, né?
      Muito obrigada pela visita e pode deixar irei continuar teimando em morar por aqui. 😀
      Puss!

  11. Vânia,
    Vivi vários anos em países estrangeiros e considero tão importante aprender o idioma local como sorrir a quem nos sorri… Afinal, é a ocasião de aprender algo novo, de conhecer pessoas novas e é uma forma de se integrar no país que nos acolhe!
    Abraço!

    1. Dulce!
      Amei o seu depoimento, ainda mais com essa misturinha de “sorrir”. Fez o meu dia! 😀
      Aprender o idioma é super importante… as pessoas só precisam se conscientizar disso.
      Puss!

  12. Super importante esse seu post, Vânia. Não dá pra acreditar que tem gente que acredite que consiga se virar num país estrangeiro sem falar a língua do local. Tudo bem que inglês é bem falado no mundo todo, mas é óbvio que a pessoa vai ter muito mais vantagens se conseguir se comunicar na língua dos nativos.

    1. Ai Ana, mas tem gente que continua acreditando que sem falar o idioma local (e sem inglês) conseguirá se dar bem na Suécia. Eu digo que isso “é impossível”.

  13. Senhor, tem quem procure intercâmbio de inglês na Suécia? HAHA agora eu ri. Eu concordo com você, aprender o idioma local é importantíssimo, é no mínimo uma forma de inserção social. Ótimo texto.

    beijo

    1. Van, pior que é verdade! Tem gente acha que o idioma do país é o inglês. Aí nesse caso falta um pouquinho de pesquisa pela internet, né?
      Na Suécia tendo só inglês não garante ter emprego… a menos que você seja uma pessoa da área de TI e com tantos certificados que as empresas te queiram de qualquer jeito.
      Obrigada pelo carinho lindona! 😉
      Puss!

    1. Paulete bolete linda do meu coração! Bom te ver por aqui… estava morrendo de saudades de ti 😀
      Tentei passar de uma forma geral um pouco sobre o que penso e o que vejo que acontece na Suécia com relação ao inglês/sueco. Espero que dessa forma eu consiga ajudar a quem deseja morar no país.
      Muito, mas muito obrigada pelo carinho, viu minha linda!
      Puss!

      PS. Você é que a mais linda do Brasil!

  14. Oi Vânia,
    Apesar da minha assinatura não ter muito valor, vou assinar tudo o q escreveu.
    Até para viver em outro país de língua portuguesa é preciso conhecer e praticar as diferentes expressões e significados, e até pronúncia para ser bem aceite. Claro, q não precisará fazer um curso.
    E, o q vc escreveu do inglês e do idioma nativo vale para outros países como Áustria, Bélgica, Finlândia… Qdo estive como turista na Alemanha, é q notei alguma dificuldade em falarem inglês, mesmo pessoas jovens, mas pode ter sido um situação pontual.
    Tou à espera da sua visita no meu blog;-)
    Bjs

    1. Sil, seu comentário pra mim tem muito mais valor do que sua assinatura. 😉
      Você citou muito bem, além do idioma, apender as diferentes expressões também se fazem necessárias. Eu acho que depois que a gente passa da fase do estresse de aprender regras e mais regras sobre a língua, parece que as coisas ao redor começam a se tornar mais simples. Você comentou essa questão da Alemanha e eu também tive a mesma percepção quando estive lá e tenho algumas histórias engraçadas para contar… quem sabe um dia. 🙂

      Fiquei um pouco afastada da internet e essa semana estou retomando aos poucos. Pode ter certeza de que eu farei uma visitinha. 😉

      Puss!

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s