7 dicas para fazer amigos na Suécia

Você acabou de aterrissar em solo sueco ou está prestes a se mudar para a Suécia? Saiba que uma das primeiras coisas que irá acontecer é perder sua rede de amigos, vizinhos e colegas. Os novos substituirão os antigos. Porém, fazer novos amigos é uma tarefa difícil, ainda mais se for com suecos. Construir uma vida social é sempre um desafio, já que os suecos possuem uma reputação de serem meio fechados. Algumas pessoas dizem que fazer amigos no país é como esperar que o inferno congele: nunca acontecerá.

Os suecos podem levar algum tempo para se tornarem abertos para um novo amigo. Fazer amizade com suecos que viveram a vida toda na mesma cidade é bem mais complicado. Isso porque eles tiveram sempre os mesmos amigos na escola primária, no ginásio e, às vezes, até na universidade. Como resultado eles são estáveis, não precisam de novos amigos e de mais coisas para fazer.

É mais fácil fazer amigos com expatriados, ou da mesma nacionalidade que você, do que com um sueco. Os suecos que são mais abertos a novas amizades são aqueles que já viveram no exterior. Eles têm uma mente mais aberta e curtem se relacionar com nômades.

Mas eu também acho que não há nada de errado em não ter muitos amigos. Se o seu círculo social na Suécia é menor do que você tinha no seu país de origem, não esquenta, porque isso é perfeitamente normal. O lance aqui é manter amizade com pessoas que você gosta de estar junto.

Então, como você faz amigos na Suécia?

1. Aprenda a falar sueco

Já falei sobre isso antes, mas quero continuar batendo na mesma tecla. Se você não fala sueco, é importante começar a aprender o mais rápido possível. É uma maneira de você interagir com os nativos e se inserir na sociedade.

Mas aí você pode me perguntar: “os suecos não falam inglês?” Sim, falam! De acordo com a EF English Proficiency Index, os suecos são os melhores falantes de inglês não nativos do mundo e por essa razão você consegue se virar muito bem para com as coisas do dia a dia. Mas falar inglês não é sinônimo de uma total imersão na sociedade. Sem falar o idioma local muitas portas podem continuar fechadas, tanto socialmente quanto profissionalmente.

Aprenda a falar sueco
Aprenda a falar sueco

Há muitos cursos onde você pode aprender sueco, tanto pela internet como nas aulas tradicionais. Porém, nas aulas tradicionais, basicamente você irá conhecer estrangeiros. Portanto, fazer amizade com o povo local não deve ser uma prioridade.

Mais uma dica bacana são alguns Språk Caféet que há no país. São cafeterias onde você faz uma troca de aprendizado de línguas. Funciona assim: um falante nativo sueco que quer aprender uma língua que você conhece. Vocês se revezam em falar as duas línguas e de repente você aprendeu algum sueco e ele algum português. Talvez você até consiga fazer um amigo sueco.

2. Pratique esportes

Os suecos fazem várias pausas para o café todos os dias, muitas vezes com biscoitinhos, bolos ou tortas. E para evitar os quilinhos a mais, eles fazem diversos esportes – dependendo da época do ano – ou se ocupam com alguma atividade física.

Pode ser hóquei no gelo, caminhada, escalada, corrida e até ioga. Entrar para um grupo que compartilha dos mesmos interesses é, sem dúvida, um bom começo para fazer novos amigos.

Corrida em meio à natureza
Corrida em meio à natureza

3. Encontre alguém para o seu coração solitário

Namorar ou uma simples amizade colorida é uma forma de experimentar as diferenças culturais. A Suécia tem um dos maiores níveis de igualdade no mundo e por isso não se surpreenda se você for convidado(a) para um café e depois ele(a) sugerir que a conta seja dividida. Isso é válido tanto para os homens quanto para as mulheres.

Agora, se você não recebeu nenhum convite para sair, relaxa. A Suécia também tem sites de namoro, como o Match.com, Happy Pancake e Mötesplatsen. Alguns sites são gratuitos, mas oferecem funcionalidade estendida com uma inscrição paga. A maioria das pessoas escrevem seus anúncios em sueco, mas alguns se arriscam no inglês mesmo.

Porém, se você se sente meio desconfortável com esse lance de encontro online – até porque é meio assustador mesmo -, você pode tentar atividades em grupo para solteiros. Sites como o Shake my World tem atividades semanais que podem ser gratuitas ou com o pagamento de uma pequena taxa. Você consegue ver online quem se inscreveu para aquela atividade que quer fazer e ainda não te dá aquela sensação de um site de namoro tradicional. É muito mais divertido e sem pressão alguma. Toda semana há diferentes oportunidades, incluindo eventos culturais e festas.

4. Estude ou faça algum curso

Se você estiver estudando na Suécia, tire proveito de todas as atividades que a sua universidade oferece. Monte também grupos de estudo, participe de uma das várias comissões que as escolas muitas vezes oferecem ou apenas converse com alguém que está na fila do microondas para esquentar a comidinha durante a pausa para o almoço.

Se você não estiver na universidade, você sempre pode fazer um curso para conhecer pessoas novas. A Folkuniversitetet, por exemplo, tem quase 6.000 cursos e programas e tem de tudo um pouco, desde pesquisa genealógica até comédia de stand-up.

Curso de fotografia para smartphone
Curso de fotografia para smartphone

5. Viaje por aí

A viagem pode soar como o oposto para fazer amigos depois de chegar à Suécia, mas os suecos gostam de viagens e turismo é o setor que mais cresce no país. Sites como o Couchsurfing.com, com mais de 1 milhão de membros, oferecem não só um lugar livre para dormir, mas a chance de fazer amigos e conexões interculturais.

Castelo de Örebro na Suécia
Castelo de Örebro na Suécia

6. Participe de grupos sociais

Meetup.com é uma rede internacional grátis de grupos locais que organizam um bocado de atividades. Basta selecionar sua cidade e em seguida procurar por um grupo local que você gostaria de se juntar. Há vários grupos de Meetup na Suécia, incluindo a escrita criativa em Estocolmo, boliche em Gotemburgo e dança de salsa em Malmö.

7. Saia com outros expatriados

Algumas pessoas pensam que é melhor evitar se misturar com outros expatriados e se concentrar, exclusivamente, em encontrar suecos. Puro engano! Quando você deixa os seus amigos e familiares do outro lado do oceano, você precisa estar aberto a fazer parte de um novo grupo de pessoas que possuem uma mentalidade similar a sua.

O Internations.com é um site que conecta os expatriados em mais de 300 cidades, incluindo as quatro maiores cidades da Suécia. Eles realizam eventos sociais e oferecem muitas informações bacanas, conectando você a outros expatriados do seu próprio país ou de qualquer outro lugar do mundo. Eu faço parte e gosto bastante das atividades propostas pelo grupo.

Há também um grupo na cidade de Gotemburgo chamado Professional Women’s Group, destinado a mulheres com um bom nível educacional. Eu mesma já fiz parte dele, quando morei nessa cidade, e conheci muita gente interessante dos quatro cantos desse mundão afora.

Uma das primeiras amizades que fiz foi com uma holandesa
Uma das primeiras amizades que fiz foi com uma holandesa

Fazer amigos e construir uma vida social é praticamente um dever para aqueles que são novos na Suécia. Mas sabe o que eu acho mais importante? Seja você mesmo e se permita a manter contato com expatriados e amigos suecos, pois somente assim você irá construir uma vida social agradável e quem sabe um dia, escrever sobre ela.

———-

Esse texto foi publicado originalmente no site Brasileiras pelo Mundo.

Vi ses… hej då! 😉

9 thoughts

  1. Oi Vânia!
    Gostei muito do seu blog. O encontrei na hora certa! Já estou desesperada. Acabo de me mudar para Södertälje com o meu marido (latino) e minha bebê. Não conheco uma viva alma na cidade :(. Já tentei tudo quanto foi comunidade e não encontro nada nessa cidade, só em Stockholm. Adoraria ir aos encontros lá, mas com um bebê que vai dormir as 20:00 fica um pouco difícil… o curso de suéco eu ainda não posso fazer pq estou esperando o meu numero de registro. Tá brabo… 😦 Gostei das suas dicas. Vou continuar procurando comunidades! Beijos pra vc!

    1. Bekoi! É assim mesmo que eu posso te chamar? 🙂 Fazer amizade na Suécia é meio complicadinho mesmo e em cidades menores nem se fale. Por exemplo, eu mesma morando em Estocolmo, às vezes, me sinto meio isolada. Entretanto, procuro manter minha mente ocupada com as coisas que gosto e me dão prazer. Relacionamentos são importantes, sem dúvida, mas fazer algo que você goste e se identifique também. Com certeza, depois que você começar a estudar e a conviver com mais pessoas, as coisas tendem a melhorar. Portanto, não desanime, hein?! Valeu pelo carinho e por compartilhar um pouco da sua experiência. Muáh! 😉

  2. Sabe, eu me pergunto o que é amizade de verdade. Eu, sinceramente, acredito que as pessoas buscam contatos. Contatos pra trocar favores, pra fazer algo em comum e depois cada um pro seu lado. Fiquei curiosa, a holandesa que vc conheceu, vc tem contato frequente com ela? Eu, particularmente, acho as holandesas bem frias, como se elas se bastassem a si mesmas hahaha mais do que os homens holandeses. Minha convivência com mulheres holandesas são minha sogra e cunhadas, com quem me relaciono por motivos óbvios. Não somos amigas, sou nora e cunhada, entende? Amiga, posso dizer que sou de um holandês! Que me conta as coisas pessoais, pede ajuda, troca ideia comigo hahaha
    Minhas amizades se solidificaram mais com outras brasileiras e estrangeiras casadas com holandeses, mesmo estas sendo de países tão diferentes do Brasil e Holanda.
    Já vi muita coisa, de gente esnobando compatriota e colocando o nativo nas alturas, como se fosse um prêmio. E, olha, caíram do cavalo pois o nativo é fechado e não dá abertura fácil, afinal ele já tem a rede deles como vc mesma citou.
    Também gosto de ver um programa de holandesas que vão para outros países por causa de marido ou namorado! E elas reclamam do país, de como o povo é fechado, de como é difícil fazer amigos hahahah E que sentem muita falta do calor humano holandês! hahahaha
    Não me cobro com relação a ser amiga de um nativo. O importante é a gente estar bem do jeito que está, vivendo a nossa vida de forma harmoniosa, como já disseram, uma amizade é consequência do passar do tempo. E pessoas chegam e vão a toda hora, poucos ficam de verdade. Bjs

    1. Olá Eliana!
      Quando morávamos na mesma cidade nós tínhamos bastante contato (eu e a holandesa). Depois que ela se mudou para Winchester e eu para Stockholm confesso que nosso contato caiu bastante. Hoje nos falamos somente por facebook, mas não com a mesma frequência de antes. Essa holandesa me ajudou e muito em minha chegada ao país. Me inseriu em alguns grupos sociais, encontros e jantares. Não posso falar um “A” dela. Pelo contrário. Só tenho a agradecer o que ela fez por mim. Mas eu tenho de concordar contigo quando diz que quando moramos fora temos mais contato com brasileiros ou estrangeiras casadas com os nativos. Isso é bem verdade. Eu conheço alguns suecos, mas são poucos os que tenho contato mais próximo. Felizmente esses que tenho contato são amizades verdadeiras, pois posso contar com eles e vice e versa. Falo por experiência própria. O importante é a gente buscar a nossa felicidade e não se isolar do mundo de jeito algum. 😉
      Puss!

  3. Legal sua lista. Mas também acho que depende muito de pessoa pra pessoa né, cada um tem as suas necessidades. Assim como deve ter suecos super receptivos existem os brasileiros introvertidos. Acho que o mais importante é buscar fazer coisas que a gente gosta, não pensando em fazer amigos, esses são consequência…

    1. Oi Barbara, sim a gente sempre deve procurar fazer o que gosta e é claro que cada um tem necessidades diferentes. Mas nem sempre fazer algo que se gosta pode trazer um amigo. Falo por experiência própria. Eu acho que ter pessoas por perto também é importante. Se sentir querida, bem tratada e útil no lugar que vive faz parte das relações pessoais e os amigos tem um papel importantíssimo na adaptação de um expatriado. Pelo menos pra mim funcionou assim. 🙂
      Puss!

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s