As estátuas mais fotografadas de Estocolmo

Como em qualquer cidade do mundo a capital da Escandinávia também é repleta de estátuas que enfeitam museus, praças, ruas e estabelecimentos. Algumas delas possuem fatos interessantes, outras mexem com nossa reflexão e outras estão ali apenas para fazer parte da paisagem.

E como eu sei que tem uma galera que sai fotografando várias delas, sem ao menos ter a consciência do que elas representam, eu resolvi eleger algumas estátuas para fotografar e que acho as mais interessantes nas ruas de Estocolmo.

Aqui estão elas:

1. Estátua da atriz Margaretha Krook

A estátua foi feita em homenagem a uma das atrizes mais talentosas para o drama e a comédia da Suécia. Pode parecer uma simples estátua e nada mais, mas não se deixe enganar. A curiosidade? A barriga dela é quentinha.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-6

Teoricamente, a estátua tem a temperatura de 37 graus Celsius durante todo o ano. Falo teoricamente porque já senti ela geladinha algumas vezes. Mas se você passar por ela e estiver sentindo um pouco de frio, meu conselho, não se acanhe. Corra e dê aquele abraço apertado, porque se ela estiver quente, você poderá se aquecer de uma maneira bem divertida.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-7

Localização: ao lado de fora do Teatro Royal Drama na Nybroplan.

2. Estátua Järnpojken (O menino de ferro)

Apesar do nome oficial dessa estátua ser “Järnpojken”, que significa “O menino de ferro”, ela também é conhecida como “o menino que está olhando para a lua”. O interessante é que ela é a menor estátua da Suécia e com direito a superstição e tudo. Dizem que se você esfregar a cabeça do menino ele te dará sorte. Será? Eu já fiz e estou aguardando ansiosamente a sorte bater à minha porta.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-1

A estátua é tão queridinha que durante o inverno alguém tricota um chapeuzinho, um cachecol ou até mesmo põe uma capa para que o pobre menino de ferro não sinta frio. Mas também acontece do povo se empolgar além da conta e fazer algum tipo de doação. Dinheiro, remédio, balas, doces, biscoitos, frutas, flores e o que mais der na telha são deixados perto dela.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-3

Localização: em Bollhustäppan, na Cidade Velha (Gamla Stan).

3. Estátua Hemlös räv (Raposa sem teto)

Alguns dizem que essa estátua é a mais fotografada de Estocolmo. Mas eu tenho lá minhas dúvidas, porque não é todo mundo que se interessa por ela. Talvez porque não há beleza alguma ou algo que chame a atenção. Entretanto, ela tem um fato bastante curioso que faz a gente refletir.

Essa raposa sem teto, enrolada em um cobertor e com uma fisionomia bem triste está sentada ao lado do Gabinete do Primeiro Ministro e da Chancelaria do Governo (Rosenbad). Bem do lado oposto do edifício está o Parlamento (Riksdagshuset), um dos pontos mais influentes da Suécia.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-9

Ela está exatamente nesse local porque quem decidiu foi a própria população através de votação em 2009. O objetivo é mostrar que melhorias ainda precisam ser feitas no bem-estar da sociedade sueca e que os políticos devem pensar sobre isso dia e noite.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-10

Localização: na esquina de Drottninggatan ao lado da ponte Riksbron sentido Cidade Velha (Gamla Stan).

4. Estátua do artista Evert Taube

A homenagem é feita a um dos artistas mais famosos e respeitados da Suécia. Evert Taube foi autor, compositor, trovador e cantor sueco bastante conhecido por suas canções de folk. Em Estocolmo você pode ver a estátua dele em dois pontos turísticos super badalados da cidade.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-4

Localização: na ilha de Riddarholmen, ao lado oposto do City Hall. Aqui o braço direito aponta para Riddarfjärden e Södermalm, locais onde ele morou.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-2

Localização: em Järntorget em frente a um antigo edifício na Cidade Velha (Gamla Stan).

5. Estátuas Dansen och Sången (A dança e a canção)

Elas não têm uma história bonita, não oferecem algo para refletir e nem mexem com os nossos mais profundos sentimentos. Essas estátuas estão ali apenas para fazer parte da paisagem. A figura feminina representa a dança (dansen) e a figura masculina a canção (sången).

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-11

O que chama a atenção é que nesse local dá para tirar fotos bem bacanas da paisagem, especialmente ao entardecer e com a Igreja dos Reis (Riddarholmskyrkan) ao fundo.

Estatuas mais fotografadas em Estocolmo-5

Localização: no City Hall de frente para lago Mälaren e com vista para as ilhas de Riddarholmen e Södermalm.

Portanto, se você gosta de fotografar estátuas ou pensa em apenas fazer uma gracinha com elas, essas são as que você não pode deixar de ver em Estocolmo. Garanto, que serão vistas com outros olhos, ainda mais agora que você já sabe o que elas representam, né?

Vi ses… hej då! 😉

16 thoughts

  1. Oi, Vânia! Eu tinha deixado um comentário aqui mas acho que não foi… 😦

    Eu adorei esse post! Achei a ideia muito bacana e tinha até perguntado se eu podia copiar e falar das estátuas aqui de Dublin 🙂

    Particularmente, minha preferida foi a primeira. Engraçada essa tradição aqui na Europa de que se você tocar parte tal da está tua tal, algo acontecerá, né? Vai se casar, vai ter boa sorte, vai isso, vai aquilo… e a barriga da estátua, coitada, até perdeu a cor de tanto que foi tocada!

    1. Oi Bárbara!
      Ainda bem que você me avisou disso. Fui olhar na caixinha de spam e lá estava seu comentário (acabei de liberar). Não sei o que aconteceu… acho que esse wordpress de vez em quando é meio maluco :D.

      Claro que você pode se inspirar no post, fico até lisonjeada com isso. Eu queria trazer algo diferente para o blog, já que não é todo mundo que faz esse tipo de post. Vou amar saber das estátuas de Dublin também. O dia que eu for visitar a sua cidade já vou saber o que olhar e fotografar.

      É verdade, né? Quantos mitos que giram em torno das estátuas. Bom, eu toco em todas hahaha… vai que, né?

  2. Fiquei chocada com a história de que a estátua é quentinha! Nunca imaginei algo parecido… haha
    E amei a estátua da raposinha, deu uma dózinha, com certeza eu iria fotografa-la!

    1. Ela é uma estátua digamos que bem gostosa! hahaha A primeira vez que vi a galera colocando a mão na barriga dela, fiquei meio que sem entender o motivo e nem dei bola. Só que de tanto ver acabei não resistindo e fui conferir de perto. Achei bem legal! Agora a raposa eu demorei anos para fotografar, porque realmente não via graça. E olha só a surpresa que foi, né?

  3. Vânia, achei esse post muuuito legal, de verdade! Me deu até vontade de fazer um sobre as estátuas de Dublin! 🙂 (você se incomoda?)

    Eu ainda não conheço a Suécia, mas quando for à Estocolmo, certamente terei uma experiência ainda mais enriquecedora depois de saber os porquês dessas estátuas… essa da barriga quentinha achei um barato, até a cor desgastou de tanto que o povo esquentou as mãos lá, né? rs

  4. Que post mais legal, Vania! Amei mesmo! Muito interessante ver todas essas estátuas e ainda mais saber das histórias por trás delas, obrigada por compartilhar aqui! ❤ O dia que pisarei em Estocolmo e me deparar com alguma dessas com certeza vou me lembrar aqui desse post. Gostei muito de todas, sei nem dizer qual é a mais legal, mas fiquei tocada com essa da raposa. E gente, uma estátua de barriga quentinha, nunca vi.. que demais! hahaha

    Obrigada pelo comentário lá no blog e já amei conhecer teu cantinho.
    Beijo!
    🙂

    1. Taís, você por aqui! Que surpresa boa :-). Já fazia tempo que eu queria fazer esse post, muita mais pelas curiosidades do que qualquer outra coisa. Eu mesma não sabia da estátua da raposa, por exemplo, e sempre que passava por ela confesso que a achava meio sem graça. E olha só, no fim fui pega de surpresa. Muito obrigada pelo feedback. Puss! 😉

  5. Nossa, muito legal seu post. Adorei saber mais sobre as estátuas mesmo nunca tendo visto ao vivo. Eu gosto de estátuas, elas normalmente tem alguma estória pra contar e é sempre divertido tirar fotos com elas. Até me deu idéia prum post…
    Beijokas

    1. Uhulll! Tem coisas que a gente não dá muita pelota, né? E aí quando vamos atrás somos surpreendidos. Estava para fazer esse post há tempos e ontem resolvi tirar do rascunho. Valeu pelo carinho, viu? Ah, tô doida agora para ver esse seu post! 😀
      Puss!

  6. Que bacaninha saber dessas coisas! Eu sempre passo por elas mas nunca tinha ido procurar saber sobre elas!
    Mas a curiosidade é como eles conseguem manter a temperatura da estátua da Margaretha? 😜
    Obrigada!
    Bruna

    1. A única única que eu sabia era a da Margaretha, agora as demais eu nunca tinha dado muita bola, principalmente a da raposa. Quando fiz a pesquisa me surpreendi.

      Putz, nem cheguei a detalhar a da Margaretha, né? A estátua dela fica aquecida por causa da eletricidade. Tens uns cabos escondidos que saem do teatro e entram pelas solas dos pés. Tá aí o motivo dela ser quentinha! 😉

Dê vida a esse blog. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s