As cerejeiras em Estocolmo

Assim que o inverno vai se despedindo e a primavera começa lentamente a dar sinal de vida em Estocolmo a atenção se volta para as flores mais lindas da cidade: as cerejeiras.

Cerejeiras em Estocolmo

E o ponto alto da estação, sem dúvida alguma, são as cerejeiras de um dos parques mais populares, o Kungsträdgården (em português Jardim do Rei).

Cerejeiras em Estocolmo

É inacreditável como essas árvores atraem a atenção de quem passa por ali. E não é para menos. O parque tem a maior exibição de cerejeiras de toda a Estocolmo.

Cerejeiras em Estocolmo

Claro, que não dá para comparar com a quantidade de árvores que o Japão possui, mas pelo menos para quem está de passagem pela capital da Escandinávia ou mora por essas bandas, é possível apreciar um pouco dessa beleza única, chamada na Suécia de körsbärsblomma.

Cerejeiras em Estocolmo

Mas você sabia que nem sempre elas existiram na cidade? Pois é!

Foi apenas em 1998 que 63 cerejeiras foram plantadas ao redor do parque. Desde então a cada primavera as pessoas se reúnem para admirar as flores. É tão incrível que crianças, jovens, adultos e idosos querem ter algum tipo de recordação dessa época do ano.

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

Pode ser fotografá-las, caminhar sob elas, ficar esparramado nos degraus do parque e aproveitar um dia quentinho de sol, se deliciar com um sorvetinho ou até mesmo jogar xadrez.

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

Inclusive artistas, modelos, blogueiras e casais apaixonados usam as cerejeiras como cenário para eternizar esse momento tão marcante do ano.

Cerejeiras em Estocolmo

É realmente muito lindo ver tudo pink e só é uma pena que é por pouco tempo. Dá para acreditar que as cerejeiras ficam assim no máximo 15 dias por ano?

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

Por causa disso, saiba o que você precisa saber para não deixar essa lindeza escapar das suas lentes:

Qual a melhor época para ver as cerejeiras?

Tenha em mente que o florescimento delas depende do bendito tempo. Quanto mais longo for o inverno, mais tempo irá demorar para aparecer. Os primeiros botões surgem no início de abril, mas eles só se abrem completamente no final de abril e início de maio.

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

E aí meu amigo você tem que ser ligeiro para fotografar, pois depois que estão todas abertas elas começam a cair rapidamente.

Cerejeiras em Estocolmo

Não banque o turista sem noção

Pelo amor de Deus, não arranque as flores. Eu te suplico! Se elas são belas assim é para serem apreciadas e não pra você destruí-las só pra sair bem na foto, tá? Vi cada gente sem noção nessa última primavera que percebi que o ser humano tende a ir de mal a pior.

Já tinham me avisado lá na página do blog no facebook que havia um povo sem noção. Mas sério, não imaginei o quanto: gente arrancando as flores, outros se pendurando nos galhos e gente ainda chacoalhando as flores só pra fazer “chuvinha” de pétalas. Falta de noção define muitos turistas por aí. Que decepção!

 A localização

O parque Kungsträdgården está localizado bem no centro da cidade, próximo a estação de metrô que leva o mesmo nome e do shopping mais luxuoso de Estocolmo, o NK.

Cerejeiras em Estocolmo

Cerejeiras em Estocolmo

Espero que um dia você tenha a oportunidade de vê-las, assim como eu que já acompanho essa visão deslumbrante em Estocolmo desde 2013.

Cerejeiras em Estocolmo

Vi ses… hej då! 😉

20 pensamentos

  1. Coisa mais lindas essas cerejeiras, né? Não tem como não amar, são tão lindas… tão lindas que eu até tenho uma tatuagem com elas haha 😀
    Achei maravilhoso esse parque com esse monte de cerejeiras, com certeza se tiver por Estocolmo nessa época, iria lá dar uma olhadinha <3

    1. E como Taís! Eu acho essas flores lindas toda a vida. Agora, é sério mesmo que vc tem uma tatoo delas? Que massa! 😀
      E venha mesmo, porque certeza de que você não irá se arrepender. 😉

  2. Lelelêêêê eu consegui fazer minha fotinha aí nessa belezura, já na última semana das minhas férias nesse reino e ó lindo demais!

    1. Iuuuuuuuuuuuupiiiiiii! \o/
      Poxa, que massa que você conseguiu fazer sua foto. Muita gente que está a passeio por aqui acaba não conseguindo. Ainda bem que você é uma sortuda, né? 😉

  3. Vânia, você continua uma droga. Toda postagem tua me dá gana de sacar o passaporte… rsrs. Essa de agora deu saudades desse jardim (literalmente) majestoso. Pôxa… “chuvinha de pétalas” a pessoa devia ser fuzilada ali na hora, no pé do tronco. Deu vontade de reler aquela peça do Tchekhov… Vou começar a te dar uma multa por post. Você tá cada vez mais impossível… hahahahaha
    Beijo

    1. David, você como sempre sendo um querido master blaster comigo, né? 😀
      Ui, que profundo isso, hein? Eu nunca li Tchekhov, mas agora fiquei curiosa. Pode me dar multa sim, desde que seja sempre com tua presença aqui no blog, tá?
      Puss! 😉

  4. Que fotos maravilhosas, estou apaixonada! Aqui em Dublin não tem um parque assim com várias cerejeiras, infelizmente… tem várias espalhadas pela cidade, mas estão espalhadas, então o efeito não é o mesmo, né? E de fato, as pétalas caem rápido demais, uma pena, porque são muito lindas!

    1. Babi, esse parque é mágico na primavera. É impossível passar por ele e não fotografar as cerejeiras. Que pena que Dublin não tem, mas pelo menos dá pra ter um gostinho de ver como elas são lindas, né? 🙂

Faça a teimosa feliz. Comente!