Spritmuseum e Coleção Vodka Absolut: o museu de bebidas para adultos

Todo ano no mês de abril acontece em Estocolmo o Kulturnatt, que é uma noite dedicada à cultura na cidade. São mais de 400 eventos entre museus, galerias de arte, músicas e danças espalhados por toda a capital da Escandinávia. E o melhor de tudo é que a entrada é totalmente gratuita das 18.00 à meia-noite. Nem preciso dizer que essa é a oportunidade perfeita para conhecer muitos lugares sem desembolsar um único centavo, né?

E foi assim que eu conheci alguns lugares esse ano, como o museu Spritmuseum.

Spritmuseum em Estocolmo-30

Você até pode dizer que museu é coisa chata e que só serve pra guardar velharia, certo? Mas já te aviso logo de cara que esse aqui não tem nada disso.

O Spritmuseum conta com uma coleção de 850 peças da vodka Absolut, que acaba deixando tudo bastante ilustrativo e interessante. Além das diferentes exposições, bar, restaurante e tour guiado, você ainda pode fazer uma degustação de drinques suecos, whisky ou champagne.

Spritmuseum em Estocolmo-4

Spritmuseum em Estocolmo-5

Spritmuseum em Estocolmo-6

Mas eu não vou mentir pra você, tá? Pergunta se eu aproveitei tudo isso? Obviamente que não. Fiquei só com as exposições mesmo e logo mais você entenderá o motivo.

Começando pelas exposições:

Message in a Bottle. Art or Ad?

O lance dessa exposição é mostrar quando a arte deixa de ser arte para se transformar em uma simples mensagem publicitária.

Spritmuseum em Estocolmo-1

Tem pintura, fotografia, escultura, móveis e objetos de decoração num espaço relativamente simples. O legal é que a maioria dessas obras apareceram em anúncios de revistas do mundo todo.

Spritmuseum em Estocolmo-2

Spritmuseum em Estocolmo-3

Spritmuseum em Estocolmo-7

Spritmuseum em Estocolmo-12

Spritmuseum em Estocolmo-8

Spritmuseum em Estocolmo-11

Mas olha, tem algumas delas que são um tanto diferentonas, como esse quadro que mostra um homem cheio de bicos de mamadeira que estão conectados a várias garrafas de vodka (ops, cortei a imagem sem querer, foi mal aê).

Spritmuseum em Estocolmo-10

Sweden: spirits of a nation

Essa é a maior exposição do museu e mostra algumas experiências do que acontece quando a gente bebe. O objetivo nada mais é que fazer a galera refletir: as atitudes, os valores, como uma pessoa pode mudar sua identidade quando bebe, a relação que a gente tem com o álcool na nossa vida diária e assim por diante. É tipo uma viagem da dor ao prazer e vice e versa.

Spritmuseum em Estocolmo-13

Esse espaço é um pouco mais interativo. Tem alguns jogos, uma sala mostrando os efeitos do álcool no corpo e no cérebro depois que passa a bebedeira, um trailer para comprar bebidas, bancos para sentar e até mesmo uma sala bem escura pra galera deitar, tomar um drink, ouvir música lounge e ver imagens sendo exibidas repetidamente nas televisões no teto.

Spritmuseum em Estocolmo-25

Spritmuseum em Estocolmo-26

Spritmuseum em Estocolmo-24

Spritmuseum em Estocolmo-21

Spritmuseum em Estocolmo-14

Spritmuseum em Estocolmo-22

Spritmuseum em Estocolmo-23

Eu diria que é uma misturinha de artes, cenários, experiências e sabores.

Spritmuseum em Estocolmo-17

Spritmuseum em Estocolmo-16

Spritmuseum em Estocolmo-15

Intoxicating gardens: cultivating cocktails

A última exposição mostra um pouco da história das bebidas com as plantas e como uma simples folhinha de erva-cidreira ou hortelã num coquetel pode fazer toda a diferença do mundo. Tanto, que esse pequeno toque de ervas muitas vezes pode estar no jardim da sua própria casa.

Você vê nesse espaço um tipo de laboratório, plantinhas e a galera desesperada para comprar um drink.

Spritmuseum em Estocolmo-18

Spritmuseum em Estocolmo-20

Spritmuseum em Estocolmo-19

O que mais tem para fazer

No dia que eu fui estava rolando tipo uma baladinha com DJ logo na entrada do museu. Pelo que andei vendo isso é normal acontecer em outras épocas do ano.

Spritmuseum em Estocolmo-28

Nesse espaço tem também um bar, que nesse dia estava um desafio daqueles chegar perto porque a fila era gigante.

Spritmuseum em Estocolmo-27

O museu ainda tem um restaurante com horários tão restritos que para conseguir uma mesa só com reserva mesmo. E infelizmente, no horário que fui já não tinha mais disponibilidade.

Mas a estrela principal é a bendita da degustação. Tem a duração de apenas 1 hora e os preços são lá nas alturas. Quando vi quase cai de costas, porque o treco é caro pra dedéu. Se liga só:

  • drinks suecos: 2.700 coroas (R$ 1.350) por pessoa
  • whisky: 2.700 coroas (R$ 1.350) por pessoa
  • champagne: 2.800 coroas (R$ 1.400) por pessoa

Isso sem contar que se você quiser um cara que fale inglês ainda precisa desembolsar um extra de 500 coroas (R$ 250).

Entendeu agora porque fiquei só com a exposição?

Spritmuseum em Estocolmo-9

Só tenho uma coisa para dizer. Mesmo sem restaurante, bar e degustação Estocolmo continua sendo uma cidade fantástica para ver arte, fotografia e exposições legais. E dessa vez pela assinatura da vodka Absolut.

Spritmuseum em Estocolmo-29

Portanto, se você é jovem, curte um museu fora do padrão e ainda por cima não dispensa umas biritas, tá aqui uma opção.

Spritmuseum
Website: http://spritmuseum.se/en/
Endereço: Djurgårdsvägen 38, próximo ao museu do Vasa

Vi ses… hej då! 😉

3 thoughts

  1. Vânia, seu blog está lindo. Sinto muitas saudades de você. Estive doente e agora estou de volta para curtir minha amiga querida que adoro. Adoro seus métodos e rotinas. Você está feliz ?! (Isso é o que interessa). Um beijo. Manô.

    1. Oi Manô, nossa há quanto tempo não nos falamos, né? Você está melhor mesmo? Espero que não tenha sido nada de grave. Se precisar de algo estou aqui, hein? Distante de corpo, mas presente em pensamento e orações. Obrigada pelo carinho de sempre, viu? Puss! 😉

Faça a teimosa feliz. Comente!