Stadshuset: a Prefeitura de Estocolmo

Stadshuset, a Prefeitura de Estocolmo, está localizada numa das ilhas mais caras de Estocolmo, a de Kungsholmen. E posso dizer com todas as letras que é um dos edifícios mais bonitos e famosos da Suécia. O motivo? É um dos lugares mais visitados de todas as atrações turísticas de Estocolmo, atraindo cerca de 500.000 visitantes por ano.

De acordo com a pesquisa que fiz, arquitetonicamente é um dos exemplos mais importantes do “romantismo nacional”. Uh lá lá! E acredite, esse imponente prédio tem mais de 8 milhões de tijolos vermelhos, repito OI-TO-MI-LHÕES, e levou aí pelo menos 12 anos para ser construído.

Sua inauguração aconteceu numa das épocas mais gostosas do ano no país, na véspera do solstício de verão em 1923. E só para você saber, atualmente o prédio também abriga escritórios para 200 pessoas, incluindo aí políticos locais e funcionários públicos, viu?

Além disso, a Prefeitura de Estocolmo é toda famosinha por seus grandes salões cerimoniais e peças de arte únicas. Porém, a principal atração é o banquete do Prêmio Nobel realizado todos os anos no dia 10 de dezembro.

Agora, para os desavisados de plantão, saiba que o interior pode ser visto somente por um tour guiado (tanto em inglês quanto em sueco) em determinados horários. Mas não entre em pânico. Os visitantes podem passear livremente pelo pátio e jardins, bem como subir a torre mediante o pagamento de uma pequena taxa. Ah, e se quiser ainda pode dar um pulinho na cafeteria na hora do almoço e aproveitar para saborear pratos suecos bem clássicos.

Por outro lado, a exceção da visita sem o tour guiado pode ser feita durante o Kulturnatt, Noite da Cultura em Estocolmo, que ocorre sempre no mês de abril em épocas de não pandemia.

Vamos explorar um pouquinho os detalhes da prefeitura?

A Torre

A torre tem 106 metros de altura e é possível ir até o topo para curtir uma vista maravilhosa da ilha de Riddarholmen, do lago Mälaren e de Gamla Stan, o centro histórico de Estocolmo. Você encontrará uma placa para onde deve olhar, tá?

De lambuja ainda é possível visitar um pequeno museu localizado bem no meio da torre, mas te digo logo de cara que nem é tão atraente assim.

Também há um elevador que vai até o quinto andar para os mais preguiçosos. E para aqueles que não tem medo de nada, as escadas são puro exercício para as pernocas já que há 365 degraus. Saiba, que a Torre está aberta somente entre os meses de maio e setembro.

As Três Coroas

As Três Coroas douradas – Tre Kronor – representam o brasão nacional da Suécia e estão bem no topo da torre. É uma das silhuetas mais famosas de Estocolmo.

O Salão Azul

Aqui acontece o famoso e requintado banquete do Prêmio Nobel. O Salão Azul – Blå Hallen – na verdade deveria ter seus tijolos pintados de azul, mas o arquiteto Ragnar Östberg ficou tão impressionado com o vermelho natural que acabou mudando de ideia no último minuto.

Mesmo os tijolos sendo vermelhos, o nome de Salão Azul permaneceu como no projeto. Aqui também se encontra um dos maiores órgãos do norte da Europa, com 10.000 tubos e 135 registros.

De volta ao banquete, todos os anos desde 1930, com poucas exceções, o Banquete do Prêmio Nobel é realizado na Prefeitura de Estocolmo. Após a cerimônia de premiação no Stockholm Concert Hall (Konserthuset), cerca de 1.300 pessoas, incluindo 250 estudantes, sentam-se para jantar nesse salão, todos bem apertadinhos, em um dos banquetes mais exclusivos do mundo.

Os ganhadores do Prêmio Nobel, suas famílias, a família real sueca, representantes do governo sueco e ilustres convidados estrangeiros participam.

Curiosidade: como este salão foi desenhado para festas, o arquiteto pediu a sua esposa que descesse várias escadas para testar qual seria a mais confortável ao usar salto e vestido. Homem sábio esse, não? E a escolhida foi essa daqui:

O Salão Dourado

Depois de participar de uma refeição pra lá de requintada no Salão Azul, os convidados sobem as escadas para dançar no Salão Dourado – Gyllene salen.

As paredes desse espaço são cobertas por mais de 18 milhões de peças de mosaico de vidro e ouro, obra do artista Einar Forseth.

Usando um estilo de inspiração bizantina, os mosaicos representam retratos de figuras históricas e eventos da história sueca. O salão é dominado pela “Rainha do Lago Mälaren”, que representa Estocolmo sendo homenageada tanto pelo Oriente quanto pelo Ocidente.

A Galeria do Príncipe

A Galeria do Príncipe (Prinsens galleri ou Stora galleriet) é usada principalmente para receber convidados de honra.

Além disso, as portas de vidro oferecem uma vista bem bacana do Lago Mälaren e da ilha de Södermalm. Este panorama é refletido na parede oposta da galeria na forma de um afresco chamado “Costa de Estocolmo” criado pelo Príncipe Eugen, artista e irmãozinho do Rei sueco Gustav V.

O Salão Oval

O Salão Oval – Ovalen – é uma antecâmara toda abobadada cujo nome deriva de sua forma oval. As paredes do Salão Oval são cobertas por um monte de tapeçarias que tem 300 anos de idade. O negócio é antigo, viu? E só a título de curiosidade, essas tapeçarias foram feitas em Beauvais, na França.

E sabe o que rola nesse espaço? Casamentos e parcerias civis são celebradas todos os sábados aqui.

A Câmara do Conselho

Do outro lado fica a Câmara do Conselho – Rådssalen –, onde o Conselho da Cidade de Estocolmo se reúne a cada três segundas-feiras.

Eu diria que o interior da Câmara do Conselho é bem majestoso, principalmente com seu teto de 19 metros de altura, que foi totalmente inspirado na Era Viking sueca.

A galeria pública tem espaço para cerca de 200 espectadores assistirem às reuniões do conselho.

O Jardim

O jardim entre o edifício e as margens do Lago Mälaren é famoso entre turistas e banhistas. Definitivamente é um ótimo lugar para sentar e aproveitar, principalmente, os dias ensolarados.

As Estátuas

Tem muita estátua na Prefeitura de Estocolmo, mas vou falar das principais na minha opinião. Bem pertinho dos degraus para a água há duas esculturas chamadas de “A Canção” e “A Dança” – “Sången” e “Dansen” – e elas estão, sem dúvida alguma, entre as estátuas mais fotografadas de Estocolmo.

“Sången” – A Canção
“Dansen” – A Dança

E de frente para a ilha Riddarholmen, tem um pilar de aproximadamente 20 metros de altura com a estátua de Engelbrekt Engelbrektsson. Sabe quem ele foi? De acordo com o Wikipedia, ele foi um nobre sueco e líder rebelde nacionalista e estadista.

A Tumba

Bem do ladinho do imponente prédio está localizada uma tumba dourada do fundador de Estocolmo: Birger Jarl. Só para te avisar que é uma tumba falsa, tá? Os restos mortais estão na verdade enterrados na Abadia de Varnhem, ou seja, beeeeem longe de Estocolmo.

O Restaurante na Adega

O restaurante da adega – Stadshuskällaren – oferece uma grande variedade de pratos clássicos suecos, como almôndegas, salmão marinado e os famosos banquetes do Prêmio Nobel.

Euzinha nunca fui a esse restaurante e fica difícil dizer se realmente vale a pena. Entretanto, fiquei bem curiosa para experimentar, principalmente, algum prato do banquete do Prêmio Nobel.

A Lojinha

A lojinha da Prefeitura de Estocolmo oferece lembranças e presentinhos. O preço é meio salgado e se você quiser economizar algumas coroas suecas, deixe para comprar em outro lugar. Fica a dica! Porém, se você estiver em busca de algo exclusivo da Prefeitura de Estocolmo, é possível que ache aqui.

Importante

Desde que a pandemia começou muita coisa mudou em Estocolmo. Devido às novas recomendações da Agência Sueca de Saúde Pública, a Prefeitura de Estocolmo está temporariamente fechada. Nada de turismo por enquanto!

Se você quiser mais informações sobre preços dos tickets, horários de funcionamento e todas as facilidades, não deixe de consultar o site oficial: https://cityhall.stockholm/.

Por fim, assim que toda essa situação que estamos vivendo passar, não deixe de incluir a Prefeitura de Estocolmo no seu roteiro. Tenho certeza de que você irá gostar!

Vi ses… hej då! 😉

4 pensamentos

  1. Que leitura agradável, cada detalhe do local. E como se estivesse “ai”. Espero um dia conhecer o local.

    Parabéns Vânia.

    1. Olá Tiago!
      Que felicidade saber que você curtiu esse post sobre a Prefeitura de Estocolmo. Tomara mesmo que você consiga conhecer esse lugar super famosinho em Estocolmo.
      Grande beijo! Muáh! 😉

Faça a teimosa feliz. Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.